39 anos do PT: Iran Barbosa debate legados do partido em Aracaju

O deputado estadual Iran Barbosa foi uma das lideranças do partido convidadas.

ARACAJU/SE – Dando continuidade às comemorações dos 39 anos do Partido dos Trabalhadores, o Diretório Municipal da capital realizou, na noite da segunda-feira, 11, na sede do partido, o I Ciclo de Debates de 2019, com o tema “A construção do PT e o legado em Aracaju”. O deputado estadual Iran Barbosa foi uma das lideranças do partido convidadas a contribuir com o debate, assim como dirigente petista Silvio Santos; o ex-vereador Magal da Pastoral, a ex-deputada estadual Ana Lúcia, e a Secretária de Mulheres do PT de Aracaju, Larissa Celina. O vice-presidente nacional do partido, Márcio Macedo, também participou da atividade.

Ex-vereador da Capital por três vezes, uma delas durante a segunda gestão do então prefeito Marcelo Déda (PT), Iran congratulou o presidente do Diretório Municipal, Jefferson Lima, pela iniciativa de abrir ciclos de debates para discutir o partido e os seus legados.

“Quero parabenizar o companheiro presidente Jefferson Lima pela iniciativa. Este evento coincide com um conjunto de atividades comemorativas dos 39 anos do nosso partido, que se iniciou na sexta-feira (08), onde tivemos uma bonita atividade lúdica aqui na sede, com o Samba da Resistência. Espero que outras atividades venham a ser realizadas e a gente possa continuar dando vitalidade ao PT para respondermos às expectativas da população”, disse.

Em sua explanação, o petista reforçou que o Partido dos Trabalhadores construiu, durante a sua formação enquanto legenda e durante os seis anos de gestão na Prefeitura de Aracaju, uma bonita história de luta e de construção coletiva, deixando inegáveis contribuições para os aracajuanos.

“Com a sua história, o PT deixa um legado de construção partidária, com métodos e princípios próprios. Em 2000, dialogando com a sociedade, o partido consegue conquistar, eleitoralmente, e ocupar a Prefeitura de Aracaju. Faz então, com o companheiro Marcelo Déda, uma gestão marcada pelo contato direto com a população, e com isso faz uma discussão coletiva de planejamento real da cidade, elencado prioridades e trabalhando para realizar a Aracaju que realmente queríamos construir”, rememorou.

Destaques

O deputado  Iran Barbosa, destacou as muitas contribuições petistas que marcaram a capital sergipana em suas gestões, porém enfatizou três aspectos que considera relevantes.

“O primeiro aspecto está vinculado ao Planejamento, à preocupação com o pensar e planejar a nossa cidade. O PT, quando esteve à frente da Prefeitura, fez muito bem isso. A equipe que esteve na Administração Municipal com Déda pensou muito a cidade daquele momento, solucionando problemas presentes, mas também projetando-a para um futuro mais próximo e para as gerações seguintes”, apontou.

“Há que se destacar, também, os vários instrumentos acionados pela Administração petista para a estimular a participação popular na gestão da cidade. Exemplo evidente disso foi o sucesso do Orçamento Participativo, mas não foi somente esse instrumento usado pela gestão para estimular a participação do povo. O PT, na Prefeitura de Aracaju, realizou congressos, plenárias, audiências públicas, entre outros instrumentos de participação popular, num método inovador que deu certo e que precisamos resgatar e ampliar”.

Já como terceira contribuição de destaque no legado petista deixado para Aracaju, Iran Barbosa, que é professor da rede pública municipal de Aracaju e estadual, destacou a política de educação implementada ainda na primeira gestão de Déda, tendo a professora Ana Lúcia à frente da Secretarial Municipal de Educação.

“Naquele período, tivemos um virtuoso processo de reconstrução das relações no interior das escolas do município; tivemos a Constituinte Escolar; a retoma da Gestão Democrática; tivemos toda a reestruturação para que se realizasse um concurso público para o Magistério, que havia décadas que não acontecia; tivemos o incentivo a muita troca de experiências entre as escolas e muita formação para os professores, a partir de encontros pedagógicos promovidos pela Administração e da boa utilização das horas de estudos, em parceria com a Universidade Federal de Sergipe; enfim, foi um momento muito rico e muito interessante que vale ser destacado”, lembrou.

Ainda de acordo com Iran, muitas outras boas iniciativas foram implementadas pelo PT quando governou Aracaju, seja na área da mobilidade urbana, da saúde, da assistência social, da cultura, entre outras, que fizeram a capital sergipana, naquele período, ser referência e um destaque nacional.

“Mas pontuei essas três iniciativas – do planejamento da cidade, da participação popular e da política de educação – por considerá-las centrais no legado que deixamos para a capital sergipana e que servem ainda como modelo para outras gestões. Precisamos estar permanentemente resgatando e debatendo essas experiências, até para que sirvam de inspiração no presente. Claro que Aracaju tem hoje desafios diferentes, mas muitos ainda são remanescentes daquele tempo e precisamos dar respostas a eles”, apontou Iran Barbosa.

Por George W. Silva

FOTO: Assessoria

Deixe seu comentário...