Alese lamenta falecimento do desembargador Manuel Pascoal Nabuco D’Ávila

Pascoal Nabuco aposentou-se em agosto de 2007.

SERGIPE – A Assembleia Legislativa de Sergipe, na pessoa de seu presidente e deputado Luciano Bispo (MDB), lamenta com pesar o falecimento do ex-presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Manuel Pascoal Nabuco D’Ávila, nessa segunda-feira (18). Pascoal Nabuco aposentou-se em agosto de 2007.

Filho de João Nabuco D’Ávila e Maria de Lourdes Nabuco D’Ávila, nasceu em Riachuelo/SE, em 17 de agosto de 1937. Passou a morar em Aracaju em 1948, onde foi aluno do Colégio Tobias Barreto, em regime de internato. Formou-se na Faculdade de Direito de Sergipe em 1961. Casou-se em 1966 com Maria Isabel Carvalho, neta do Desembargador João Baptista Carvalho, primeiro Presidente do TJSE.

Antes de ingressar no Ministério Público, como Promotor de Justiça, em 1980, Pascoal Nabuco foi Prefeito de Estância, e ascendeu ao cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça de Sergipe em 5 de agosto de 1996. Foi Corregedor-Geral de Justiça no biênio 1999-2001, quando criou a Vara de Penas Alternativas e a Central de Mandados; e Presidente do TRE/SE no biênio 2001-2003.

Neste momento de dor e sofrimento por esta perda irreparável, a Assembleia Legislativa se solidariza com familiares, parentes e amigos, além de todos que fazem o Judiciário sergipano, rogando a Deus que os confortem.

Por Habacuque Villacorte

FOTO: Jadilson Simões

 

Deixe seu comentário...