AMESE oficia Senador Alessandro Vieira solicitando apoio da PEC – 113/15

O senador Alessandro Vieira é parceiro dos policiais militares e bombeiros e já se posicionou favorável ao projeto.

BRASÍLIA – Atualmente, qualquer policial militar da ativa que ocupe cargo eletivo é transferido compulsoriamente para a reserva remunerada tendo sua carreira interrompida, além receber proventos proporcionais ao tempo de contribuição (redução da remuneração).

“Entendemos que o constituinte, lá no distante ano de 1988, cometeu exageros ao discorrer tal tratamento discriminatório à nossa categoria. Somos os únicos servidores da segurança pública que sofre este tipo de tratamento. Um policial civil, federal, guarda municipal que seja eleito, ao final do mandato retorna à sua força de origem e segue sua carreira até se aposentar. O senador Alessandro Vieira é parceiro dos policiais militares e bombeiros e já se posicionou favorável ao projeto. Destacou o presidente da AMESE, o sargento Jorge Vieira.

 

Deixe seu comentário...