Audiência confirma que dinheiro apreendido estava na casa do filho de Gerana Costa

Muita gente pode ser condenada e inelegível para as eleicões de 2020.

Compartilhe...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Print this page
Print

RIACHÃO DO DANTAS/SE – Na última terça-feira, (12), aconteceu a audiência na 4ª Zona Eleitoral do Estado de Sergipe envolvendo os investigados Manuela Costa, Netinha, Felipe Gomes Costa, marido de Manuela, vereador Naldinho, vereador Zé Cosme, Deu, Tiago Rezador, e diversas lideranças políticas envolvidos na compra de votos na última eleição suplementar de Riachão do Dantas.

Durante a campanha eleitoral foram feitas denúncias e após ajuizada a ação, foi determinada a busca e apreensão de recursos e dinheiro para a compra de votos.

Na audiência eleitoral ficou explícito que a busca e apreensão foi determinada através da confirmação de que o dinheiro estava na casa do senhor Felipe marido de Manuela Costa e do vereador José Cosme.

Oito testemunhas prestaram depoimentos da investigação e a compra de votos foi noticiada com detalhes. Segundo o advogado da coligação investigante, as testemunhas de defesa dos investigados não apresentaram qualquer prova que pudesse desconstruir a conduta abusiva realizada por eles.

Após encerrada, o juiz determinou nova audiência para ouvir mais testemunhas que foram citadas durante a audiência da última quarta-feira. Na nova audiência o juiz abre o prazo para alegações finais e após conclusão para sentença, muita gente pode ser condenada e inelegível para as eleicões de 2020.

Fonte – Lagarto Noticias

Deixe seu comentário...