[ÁUDIO] Depois de eleito, parlamentar da calote em líder comunitário

A campanha passou, elegeram né, depois tão fazendo de conta que a gente é besta, que a gente não sabe das coisas.

Compartilhe...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Print this page
Print

ARACAJU/SE – O presidente da Associação de Morados do Bairro Bugio, em Aracaju, Aragão do Bugio, como é conhecido, usou um grupo de WhatsApp para denunciar um deputado que  teria dado calote, após ele prestar serviço.

Aragão do Bugio gravou um áudio que foi posto no grupo “Zé do Povo News”, onde ele faz um desabafo sobre um suposto candidato que teria sido eleito e em seguida o abandonou e por conta disso ele promete para o dia 26, lotar as galerias da Alese para expor os fatos. Aragão só não contou qual dos 24 deputados assumiu compromisso com ele e não cumpriu.

Essa será a segunda vez que Aragão do Bugio denuncia que candidatos não cumprem acordo firmado com ele. A primeira vez, nas eleições para prefeito em 2016 e usando a mesma tática, o presidente da Associação gravou um áudio onde prometia “detonar”, “abrir a caixa preta”, porém isso acabou não acontecendo e não houve nenhuma denúncia.

Dessa vez, Aragão afirma que a sua informação será divulgada pelo “Jornal Nacional” devido a gravidade do fato.

“Calado eu estou, observando tudo. A campanha passou, elegeram né, depois tão fazendo de conta que a gente é besta,  que a gente não sabe das coisas, tão fazendo a gente como se fosse papel de bolsa de supermercado jogado na rua, já está em seus gabinetes com ar condicionado e o que  se prometeu até hoje não foi cumprido, mas dia 26, creia no que estou dizendo ai, irei fazer um pronunciamento na associação ao vivo no facebook e vou dizer o que estou preparando para a Assembleia legislativa. Vou levar três ônibus cheio de gente, só estou esperando terminar a obra ale dentro que eu vou mostrar quem é Aragão do Bugio. Nego tá brincando comigo, tão achando que eu sou besta, otário,  Zé ruela, mas o povo nós estamos preparando direitinho, cartaz, direitinho”.

Segundo Aragão do Bugio, esse parlamentar estaria acostumado a não cumprir os acordos feitos em campanha. “Você é acostumado a fazer na política, né, de quando precisa das pessoas, que a gente vai em busca dos objetivos, dos projetos para a nossa comunidade, ai quando ganha da um chute na bunda e manda tudo para o inferno. Mas não tem nenhum problema, já estou me organizando. Eu só queria, que a Assembleia está em obra, porque não tem como subir as pessoas ali e os locais é muito deficiente para subir na Assembleia”.

Ao final do áudio, Aragão promete lotar as galerias da Alese e que no dia 26 “o povo vai ficar sabendo de tudo que eu vou contar”.

“Três ônibus eu irei levar cheio de gente. Somos educados, parceiros, mostrar que nós da periferia somos educado. Agora se prepare. Vamos entrar educadamente, vamos assistir as sessões, mas você vai ter uma surpresa daquelas que o estado de Sergipe ou o jornal nacional vai ficar sabendo. Não tire eu como doido nem como otário e não faça de santinho do pau oco, porque santinho de pau oco a gente faz como lá no interior. O quebra pote. Bota um pano e bota um gato e da aquela lapada, quando acertar. Eu estou dizendo isso que é o costume de alguns candidatos fazer isso com as pessoas que tem responsabilidade e a gente se pergunta o que é que a gente vai dizer para os amigos, para o povo. Mas dia 26 o povo vai ficar sabendo de tudo que eu vou contar. Um recado para os fofoqueiros safados, pode contar que eu não tenho medo, aliás minha mãe, quando eu nasci do ventre de minha mãe, minha mãe não costurou minha boca não e nem queimou minha boda de papa quente. Doa em que doer, ache ruim quem quiser. Eu sou assim, verdadeiro e real. Eu gosto de falar para o povo. Agora se prepare, eu vou para a Assembleia com três ônibus cheio de gente, educadamente vamos sentar lá, mas eu vou dar o recado. Se esse jornal, de tudo que é jornal de Sergipe, e olha lá se não sair no jornal nacional. O recado que vamos dar é lá na casa do povo”.

Ouça o áudio, abaixo da revolta do líder comunitário:

 

Munir Darrage

 

Deixe seu comentário...