[ÁUDIOS] “É mentiroso e irresponsável” sobre ameaças a policias de Sergipe, afirma COPE

Os áudios atribuídos a supostos marginais que estariam saindo em defesa de Léo, faziam ameaças de mortes aos militares sergipanos.

SERGIPE – A secretaria de segurança pública emitiu uma nota nesta quinta-feira (03) para explicar sobre os áudios que circulam nas redes sociais deste a tarde de ontem, logo após o confronto entre policiais militares e o traficante Leonardo Reis da Silva, 31 anos, o “Leo Grandão”, como era conhecido, Léo Grandão, que  acabou sendo morto na avenida Beira Mar, em Aracaju.

Os áudios atribuídos a supostos marginais que estariam saindo em defesa de Léo, faziam ameaças de mortes aos militares sergipanos.

Por conta disso, o Complexo de Operações Policiais Especiais (COPE) informa que o áudio é mentiroso e irresponsável. “Sobre áudios que circulam em grupos de Whatsapp a respeito de uma retaliação a morte do traficante Leonardo Reis da Silva, 31 anos, mais conhecido como “Leo Grandão”, morto em uma operação da Polícia Militar nesta quarta-feira, 2, na avenida Beira Mar, em Aracaju, o Complexo de Operações Policiais Especiais (COPE) informa que o áudio é mentiroso e irresponsável”.

Ao final, a nota diz que tomará providências. “Uma das falas atribui ao COPE a interceptação de mensagens de integrantes de uma quadrilha, que agem em presídios do país, dando ordens para matar policiais militares em serviço na capital sergipana. O COPE, como uma das unidades mais combativas da Polícia Civil, tomará as providências necessárias para coibir que notícias falsas tirem a tranquilidade do povo sergipano”.

MIRA GERAL: 

Ouça, abaixo, os áudios:

FONTE – Reprodução / Redes Sociais e Grupo do WhatsApp

Deixe seu comentário...