Caminhada pede inclusão de pessoas com Síndrome de Down

Evento buscou aproximar a sociedade do tema e combater o preconceito.

ARACAJU/SE – O Dia Internacional da Síndrome de Down (21 de março) voltou a ser lembrado neste domingo (24) durante a 4ª edição da Caminhada Down, promovida pela Associação Sergipana dos Cidadãos com Síndrome de Down (Cidown), na zona sul de Aracaju. O vereador Lucas Aribé participou da ação reforçando a mensagem de inclusão.

Com o lema “Ninguém Fica para Trás”, a passeata saiu da praça Luciano Barreto Júnior até o Parque Augusto Franco (Sementeira) levando informação à comunidade e combatendo o preconceito.

Segundo Lucas, foi um momento essencial para reafirmar os direitos das famílias e pessoas com down e aproximar cada cidadão do tema em busca de uma inclusão efetiva no dia a dia. “Não estamos falando de privilégios, mas as Leis existem e precisamos da união de todos os Poderes e da sociedade para que elas sejam colocadas em prática”, disse.

O vereador citou como exemplo a Lei 8.457/2018, de autoria do deputado estadual Georgeo Passos, que obriga a notificação de recém-nascidos com Síndrome de Down em todas as unidades de saúde públicas e privadas de Sergipe. Aribé lembrou que ela foi aprovada no ano passado, mas “ainda precisa ser regulamentada para garantir assistência adequada aos nascidos com down e suas famílias”.

O evento contou ainda com serviços de aferição de pressão arterial e teste de glicemia, e foi encerrado com atividades recreativas e um piquenique no parque da Sementeira.

FONTE & FOTO: Assessoria

 

Deixe seu comentário...