Candidatos do Encceja podem solicitar aplicação de prova para disciplinas pendentes

O coordenador da divisão de exames e certificação, Edson Aragão Melo, afirma que em caso de aprovação é feito o aproveitamento

Compartilhe...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Print this page
Print

Os candidatos que se inscreveram no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) em 2019 e que, após verificação do resultado, tiver alguma pendência em determinada área do conhecimento, deverá comparecer à sede da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) e solicitar a aplicação de prova. Para isso ele vai precisar apresentar RG, CPF e o boletim impresso do Encceja 2019.

O coordenador da divisão de exames e certificação, Edson Aragão Melo, afirma que em caso de aprovação é feito o aproveitamento de estudos de acordo com o que o aluno foi aprovado e é feita a emissão do certificado. “Reforço que os alunos que se inscreveram e não foram fazer a prova do Encceja em 2019 não têm direito a solicitar a aplicação de prova para as disciplinas pendentes”, reitera.

Para os alunos que, na prova de 2019, indicaram o Instituto Federal de Sergipe (IFS) como instituição certificadora, é necessário ir à instituição solicitar a certificação ou a declaração de proficiência e vir até a Secretaria. Esses alunos também têm direito de fazer as pendências na Seduc.

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) tem como principal objetivo construir uma referência nacional de educação para jovens e adultos por meio da avaliação de competências e saberes adquiridos no processo. A participação no Encceja é voluntária e gratuita, destinada aos jovens e adultos residentes no Brasil e no exterior, inclusive às pessoas privadas de liberdade, que não tiveram oportunidade de concluir seus estudos na idade apropriada para o ensino fundamental e para o ensino médio.

Em 2019, 8.645 alunos indicaram a Seduc como instituição certificadora para o Ensino Fundamental e 15.681 para a certificação no nível médio. Desse total, 728 alunos foram aprovados integralmente pelo Encceja no Ensino Fundamental e 1.650, aprovados no Ensino Médio.

Foto Maria Odilia

Deixe seu comentário...