Centro Cultural de Aracaju bate recorde de visitantes turistas em 2018

Com quatro anos de história e mais de 33 mil visitas recebidas.

Com quatro anos de história e mais de 33 mil visitas recebidas, o Centro Cultural de Aracaju, unidade administrada pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), é um dos principais espaços de valorização e disseminação da cultura e arte sergipana. Em 2018, comparado a anos anteriores, as visitações de turistas nacionais cresceram cerca de 17%, mostrando como o Centro Cultural vem se tornando cada vez mais reconhecido no país. Também teve significativo aumento no índice de visitação da população local, sergipana e aracajuana.

“O ano de 2018 foi muito positivo. As nossas visitas mantiveram o índice dos anos anteriores. Conseguimos, inclusive, aumentar em uma porcentagem significativa as visitações. Com isso, aumentamos também as relações entre esse aparelho importante que é o Centro Cultural e a sociedade aracajuana”, explicou o coordenador do Centro Cultural, Mário Dias.

Para atrair visitantes, o Centro Cultural traz diversas programações por meio do Teatro João Costa, do Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira (NPDOV), e das Salas de Oficinas e Exposições, além de muitos outros eventos realizados pelo público externo que utiliza o local. Outro importante espaço do prédio é o Museu Cidade de Aracaju Prefeito Viana de Assis que guarda toda a história da capital, com o propósito de trabalhar a educação patrimonial, e oferece exposições que narram a cultura do estado.

A exposição ‘Manifestações Culturais em Sergipe’, inaugurada em agosto de 2018, bateu recorde de visitação e levou para o Centro Cultural mais de 2.300 pessoas. Os alunos de escolas públicas e particulares de todo o estado, além de turistas sergipanos e nacionais estão entre os principais visitantes. A unidade oferece acesso a diversas manifestações artísticas culturais, além de um rico acervo de renomados escritores sergipanos administrado pela Biblioteca Municipal Mário Cabral.

Audiovisual e Teatro

Instalado no Centro Cultural de Aracaju, o NPDOV desenvolve projetos focados na difusão e produção cultural local através do audiovisual, atraindo ainda mais visitantes para o espaço público. “Em 2018, os principais projetos foram focados no eixo de formação como os cursos ofertados pela ação ‘Aracaju Segura’. Outro projeto importantíssimo é o Ocupe a Praça, que fomenta a produção cultural local,” comenta a coordenadora do Núcleo Orlando Vieira, Grazielle Ferreira.

Dono de uma excelente acústica e sonorização, o Teatro João Costa é outro local que acomoda bem quem visita o Centro Cultural. Com capacidade para 100 pessoas, o espaço recepciona eventos de parceiros, artistas e entidades, além de programações próprias da Funcaju, a exemplo do projeto ‘Quinta Instrumental’, que apresenta a maior média de visitantes. Outras atividades apoiadas pelo Centro Cultural e que, em 2018, também lotaram o espaço foram a “Noite chamas do Axé”, “A matemática está em nós” e o “II Xirê da Consciência Negra”.

“O Teatro João Costa é extremamente importante para nós e que nos dá muito orgulho de poder tê-lo aqui no Centro Cultural. Sentimos realizados quando os artistas ocupam aquele espaço como seu, realizando a cena artística da cidade de Aracaju e dando relevo a esse cenário, a partir da parceria com a Funcaju”, comenta Mário.

Sobre as perspectivas para o ano que se inicia, o coordenador diz que a principal é democratizar ainda mais os espaços do Centro do Centro Cultural. “Para isso, agora em 2019 iremos realizar editais de ocupação desses espaços, para que além das parcerias já existentes, possamos fortalecer ainda mais a relação entre a Prefeitura de Aracaju, a Funcaju e os nossos artistas, aqueles que de fato são os grandes protagonistas do Centro”, informa Mário.

Para as escolas e pessoas que desejam agendar visitações, ou para quem tem a intenção de utilizar os espaços do Centro, é só entrar em contato e verificar a disponibilidade, através do número (79) 3214-5387, de terça a sexta, das 9h às 17h, e aos sábados, das 8:30h às 13h. A data de início dos editais ainda não foi definida, mas, em breve, será divulgada por meio das redes sociais da Funcaju e do Centro Cultural de Aracaju.

FOTO: Edinah Mar

Deixe seu comentário...