Contra Os Pobres

Ora, se a tal reforma é tão boa como diz o governo, por que os militares ficaram de fora dela?

POLÍTICA E COTIDIANO – ADIBERTO DE SOUZA – Este governo militar tenta cooptar o número suficiente de congressistas para aprovar a famigerada reforma da Previdência. Principais vítimas deste indigesto projeto em tramitação na Câmara Federal, os trabalhadores devem pressionar os deputados e ir às ruas protestar contra a preservação de privilégios. Ora, se a tal reforma é tão boa como diz o governo, por que os militares ficaram de fora dela? Desejasse mesmo acabar com o rombo previdenciário, o inquilino do Palácio do Planalto faria com que os recursos da assistência social fossem investidos unicamente no setor. Ademais, para além do corte de gastos, seria possível atuar do lado das receitas, recuperando a arrecadação, por exemplo, com a cobrança da dívida das grandes empresas com o INSS e acabando com isenções fiscais. Em vez disso, o governo quer massacrar ainda mais a classe trabalhadora. Só Jesus na causa!

Beirando ao calote

Pouca gente sabe, mas a Prefeitura de Aracaju ainda não terminou de pagar os cachês das bandas e artistas que se apresentaram no Forro Caju do ano passado. É que o Ministério do Turismo não repassou ao município a terceira e última parcela da verba empenhada para pagar os shows de 2018. Liberada no início deste ano, a segunda parcela da grana foi suficiente apenas para pagar as bandas e os forrozeiros locais. Tomara que este exagerado atraso por parte do Ministério do Turismo não se repita agora em 2019. Cruz credo!

Na terrinha

E quem está em Aracaju é o ex-presidenciável Guilherme Boulos (Psol). Veio participar de um ato em defesa da educação pública, gratuita e de qualidade. Será às 18h30 desta sexta-feira, no campus da Universidade Federal de Sergipe, em São Cristóvão. Segundo Boulos, o Brasil tem mais de seis milhões de estudantes no ensino superior, 20% deles em universidades federais. “Escolher cortar justo aí, mexe diretamente com o futuro de uma geração e de todo o país”. É vero!

Chapa negada

E o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) nega de pés juntos que sonha em ser candidato a vice de Aracaju na chapa encabeçada pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB): Ele diz ser aliado do comunista “sem condicionantes”. Ademais, segundo Mitidieri, existem assuntos mais relevantes para serem tratados nesse momento. Então, tá!

Abaixo a intolerância

Domingo próximo tem lavagem das escadarias da Igreja do Senhor Bonfim, em Laranjeiras. O evento começa com um cortejo afro, que reunirá representantes das religiões de matriz africana de todo o estado. Este ano, o tema central da festa é “o Deus que habita em mim, também habita em você”, uma forma de dizer não a intolerância religiosa. Participe!

Novo prefeito

Aracaju terá um novo prefeito a partir deste sábado. De férias por 15 dias, Edvaldo Nogueira (PCdoB) será substituído pelo presidente da Câmara, vereador Nitinho Vitale (PSD). Enquanto o pessedista estiver administrando a capital, o Legislativo ficará sob o comando do vereador Thiago Batalha (PMB). Em 2018, Nitinho assumiu interinamente a Prefeitura durante os 10 dias para Edvaldo participar de um curso nos Estados Unidos. Ah, bom!

Pobres predominam

Não é verdade que os riquinhos ocupam a grande maioria das vagas das universidades públicas. Estudo da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior mostra que mais de 70% dos alunos das universidades e institutos federais vivem em famílias de baixa renda. Ao contrário do que dizem os toscos e desonestos, os estudantes com renda familiar mensal acima de 10 salários mínimos somam apenas 0,63% das vagas. Mentira tem pernas curtas!

Êta TCE lerdo!

O Tribunal de Contas de Sergipe acaba de aprovar as contas do prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro (PSC). Nada demais se a papelada aprovada agora pelo diligente TCE não fosse de 2010, portanto, do primeiro mandato de Monteiro (2008-2012). Depois disso, Valmir já se elegeu deputado estadual e, novamente, prefeito de Lagarto, estando afastado e preso sob a acusação de improbidade administrativa. Marminino!

Noite de autógrafos

Os professores Marcos Reis e Marcos Almeida lançam hoje, em Aracaju, o livro “Futebol, arte e ciência – construção de um modelo de jogo”. Quem não reside em Aracaju pode adquirir o livro no site da Editora Primeiro Lugar. Prevista para começar às 18h30, a noite de autógrafos acontecerá no auditório da Faculdade Estácio de Sergipe. Prestigie!

Recorte de jornal

Publicado no Jornal do Aracaju, em 23 de dezembro de 1871.

Resumo dos jornais

 

Deixe seu comentário...