Coronel Rocha admite aliança com PDT de São Cristóvão com Adilson Júnior sendo seu vice

Coronel Rocha foi candidato a deputado federal em 2018 e obteve 4.477 votos, o correspondente a 0,45% dos votos válidos.

SÃO CRISTÓVÃO/SE – O presidente do Cidadania de São Cristóvão, Henrique Alves Rocha, mais conhecido por Coronel Rocha, acompanhado do membro do Diretório Municipal, Wendell Santos, se reuniu com o vereador Morgan Prado, eleito pelo antigo PPS, atual Cidadania, a fim de informar a posição do partido frente a política municipal.

Os membros do partido em São Cristóvão decidiram em seu último Congresso Municipal que o Cidadania é oposição à gestão do prefeito Marcos Santana (MDB). O vereador Morgan Prado, que faz parte da gestão emedebista, ainda não se pronunciou sobre o caminho a seguir. Já o Cidadania diz que aguarda de forma republicana a manifestação do vereador.

De acordo com Coronel Rocha, que preside o Diretório Municipal de São Cristóvão, caso o vereador não siga as orientações do partido poderá ser expulso, após avaliação do Conselho de Ética.

“Sim, poderá ser submetido ao Conselho de Ética. Perder o mandato não creio, pouco tempo, mas o partido não tem interesse em entrar com ação na Justiça para tomar o mandato”, explica Rocha, que ao ser questionado se será candidato a prefeito de São Cristóvão, foi categórico na resposta. “Sim, com fé em Deus”.

Defendendo a renovação na política sancristovense, Coronel Rocha questiona a oposição na quarta cidade mais antiga do Brasil e salienta que não dá para falar em renovação e ficha limpa com alguns opositores.

“Você conhece a oposição de São Cristóvão? Então sabe que praticamente não dá para falar de renovação e de ficha limpa com muitos aqui, né? Os que têm já tiveram oportunidade e não fizeram nada, fora os que foram condenados por desvio de dinheiro público”, observa Rocha, acrescentando que em São Cristóvão não existem partidos e cita o vereador Lilo Abençoado (DEM) como sendo um bom nome para aliança nas próximas eleições.

“Aqui não existe partido, existem nomes, na hora da eleição definem o partido, mas o vereador Lilo poderia ser um ótimo aliado, ele é do DEM”, reconhece Coronel Rocha.

O pré-candidato a prefeito de São Cristóvão revela que foi procurado pelo atual vice-prefeito Adilson Júnior (PDT), possivelmente para discutir uma aliança com o partido de Fábio Henrique em 2020.

“Adilson Júnior me convidou para conversar, mas ainda não conversamos. Com os demais é praticamente impossível um diálogo”, diz Coronel Rocha, que admite a possibilidade de um ser vice do outro numa aliança com o PDT. “Sim, adoraria ter Adilson como vice-prefeito, mas ele precisa se decidir”, conclui.

Coronel Rocha foi candidato a deputado federal em 2018 e obteve 4.477 votos, o correspondente a 0,45% dos votos válidos.

Comandos

O PDT em Sergipe é comandado pelo deputado federal Fábio Henrique, enquanto o Cidadania tem o comando do senador Alessandro Vieira.

Deixe seu comentário...