De olho em 2022, Laércio pode ser a “ponte” entre Edvaldo e Bolsonaro!

Há quem aposte, inclusive, que o atual governador renuncie seu mandato no último ano – como fez Jackson Barreto – para disputar o Senado.

POLITIZANDO – HABACUQUE VILACORTE – A classe política desconversa, fala que não é o momento de pensar em eleição, mas nos bastidores não passa pela cabeça de ninguém que essa turma não tem um projeto já definido ou sendo elaborado visando não apenas o processo eleitoral de 2020, com as disputas municipais, como também a eleição estadual de 2022, onde os sergipanos vão eleger o (a) sucessor (a) do “galeguinho” Belivaldo Chagas (PSD). Há quem aposte, inclusive, que o atual governador renuncie seu mandato no último ano – como fez Jackson Barreto – para disputar o Senado, mas é pura especulação, por enquanto.

Mas dois políticos, em especial, estão focados nas próximas eleições: o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), tenta esconder, mas pela construção de um secretariado mais “político”, contemplando partidos e lideranças com espaços na gestão, está claro que ele só pensa na reeleição do próximo ano; já o deputado federal Laércio Oliveira (PP), que já disse que não disputará mais uma cadeira na Câmara em 2022, é cotado por muitos como pré-candidato ao Senado ou ao governo do Estado. Pessoas próximas a ele chegam a apostar na segunda opção…

Edvaldo Nogueira não faz uma gestão exitosa ou acima da média. Não é nenhuma referência administrativa, mas tem como “carro-chefe” o pagamento dentro do mês trabalhado da folha dos servidores municipais. O que deveria ser uma obrigação constitucional, passou a ser “ostentação” em tempos de crise. Mas, como a “caneta nas mãos”, ninguém pode desconsiderar a possibilidade de o prefeito continuar no cargo por mais quatro anos. Para isso, ele já percebeu que “sozinho” não tem condições de fazer muito e já estaria de olho em se aproximar do Palácio do Planalto.

Edvaldo é filiado ao PCdoB, partido que faz oposição dura ao governo do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), e tudo se encaminha para a saída do prefeito da legenda. E, para “quebrar esse gelo” com Bolsonaro, o gestor de        Aracaju precisa de uma “ponte” – que não é a do ex-governador João Alves Filho, e talvez este “intermédio” seria feito por Laércio Oliveira, um dos maiores defensores da Reforma da Previdência e que começa a acumular um pouco de prestígio junto ao governo federal e já indicando cargos na capital sergipana.

Há quem diga que seria um risco uma pré-candidatura de Laércio a senador, pelo fato de se ter apenas uma vaga em disputa. Há quem avalie que, com estrutura, ele teria mais chances de vencer o governo em 2022, desde que fosse um consenso dentro da base governista. Essa “costura” de Edvaldo para “se chegar” em Bolsonaro, também atende a ao projeto político do prefeito que, além da reeleição, também tem projetos para a eleição estadual, dois anos depois. Há quem possa tentar negar ou desmentir essas conjecturas, mas nos bastidores da política o assunto é mais do que pertinente…

Veja essa!

A prova maior do prestígio de Laércio Oliveira na PMA foi a indicação do professor Alan Lemos como secretário de Meio Ambiente, desprestigiando o deputado estadual Garibalde Mendonça, que havia indicado o antecessor na Pasta. Edvaldo ofereceu ao parlamentar uma diretoria na Fundat…

E essa!

O ex-governador Jackson Barreto indicou a atual presidente da Fundat; já o deputado federal Fábio Reis (MDB), o “eterno” Benedito Figueiredo e Garibalde teriam direito a indicar as três diretorias do órgão municipal. Até onde se tem conhecimento, o deputado estadual agradeceu o convite…

Fora PT?

Agora, como perguntar não ofende nunca, uma aproximação de Edvaldo Nogueira de Laércio Oliveira e do governo de Jair Bolsonaro não seria uma boa desculpa para afastar de vez o Partido dos Trabalhadores da PMA? Para bom entendedor, tá mais do que claro, ou não?

 Rusga com Rogério

Não é de agora que o prefeito Edvaldo Nogueira e o senador Rogério Carvalho parecem divergir politicamente. O líder do PT é defensor de uma pré-candidatura da legenda para a PMA em 2020 e já tem sinalizações positivas de Márcio Macedo e Eliane Aquino, além de outros militantes do partido.

Jackson “bombeiro”

Neste meio termo quem deve tentar “apagar o incêndio” na base aliada deve ser o ex-governador Jackson Barreto. Ele já sinalizou que é contra Bolsonaro e seu governo, mas extremamente a favor da reeleição de Edvaldo. Para não “bater de frente” com outros aliados e por “mandar e desmandar” dentro da PMA, talvez JB adote um estilo mais “conciliador”. Resta saber até quando…

Bomba!

Uma investigação, que se iniciou com políticos de Sergipe, acabou ganhando “densidade” e já tem um contexto nacional, com desdobramentos em vários Estados. A coluna não vai dar detalhes para não atrapalhar, mas vai ter gente entrando “numa fria” em breve. O assunto daria uma fantástica reportagem. Parece coisa de cinema, mas infelizmente é a vida real…

Exclusiva!

A informação é que uma empresa do ramo de alimentação promete revelar fortes denúncias contra a Fundação Renascer nos próximos dias. Tem de tudo por lá! Tem um “contador” muito atuante e com vários “vínculos”, tem uma diretora “marcha ré”, um advogado “ligeiro” (e bote ligeiro nisso) e, por fim, um presidente sem pulso e sem comando. É a verdadeira “casa da mãe joana” e, pelo andar da carruagem, vai se consumar em um dos maiores escândalos já vistos no poder público estadual…

Torre de Babel

Ao promover o debate sobre o “O Poder do turismo e seu impacto econômico social”, promovido pelo vereador Fábio Meireles (Cidadania 23) na Câmara Municipal de Aracaju, o deputado estadual Luciano Pimentel (PSB) destacou a importância se debater o tema ‘turismo’, enfatizou que a PMA estava representada, mas o secretário de Estado da Pasta não estava presente. Até onde a coluna apurou, Manelito Franco não teria gostado das colocações feitas pelo deputado, até porque ele não teria sido convidado para o debate.

Valadares na ativa

Que ninguém pense que o ex-senador Valadares (PSB) está “fora de combate”. Mesmo sem mandato, ele se dedicou a aprender um pouco mais sobre mídias digitais e está alimentando seu próprio blog na internet (www.blogdovaladares.com.br), dando “pinceladas” sobre o cenário político local e nacional. Odiado por alguns, exaltado e reconhecido por outros, Valadares tem experiência de sobra para fazer dos seus escritos um sucesso tão grande quanto fora sua trajetória política. Recomendo.

Em casa de ferreiro…

O Ministério Público Estadual, aquele órgão fiscalizador que gosta de pressionar prefeitos, presidentes de Câmaras Municipais e de Assembleias Legislativas, além de outros gestores para economizar terá votado, nesta quarta-feira (15), pela manhã, nas Comissões Temáticas e, talvez em plenário da Alese, um projeto de lei da própria Procuradora, criando cargos de comissão e suprimindo cargos efetivos. E alguns promotores ainda querem dar “lição de moral” nos prefeitos do interior. Vergonha alheia é pouco…

Alô Dores

Por maioria os vereadores da Câmara Municipal de Nossa Senhora das Dores, aprovaram o projeto de lei 005/2019 que cria 673 cargos de comissão. O projeto foi aprovado por 6 votos a 3, votos contrários do líder da oposição Fabrício da NettoCred, Braço do Jornal e Gilson de Valdemar. O projeto além de criar diversos cargos o aumento em alguns casos pode chegar a R$ 5 mil. Uma “fartura”…

Fabrício da NettoCred

“Com tanta deficiência que temos na saúde, com falta de médicos na urgência da Clínica da Família e falta de investimentos em diversas áreas, vejo que esse projeto fere diversos princípios da administração pública, tais como moralidade, economicidade e eficiência, o meu voto é contra”, declarou o vereador Fabrício da NettoCred. 673 cargos de comissão é um pouco demais, ou não prefeito?

Fala galeguinho!

O governador Belivaldo Chagas anunciou que até a primeira quinzena do mês de agosto, estará convocando mais 300 candidatos aprovados no último concurso para a polícia militar de Sergipe. O anuncio foi feito pelo governador no programa “Papo Reto”, onde o governador assegurou que ainda não houve a convocação por falta de espaço físico para a formação dos alunos a soldado.

Reforma no Cefap

Belivaldo explicou que o Centro de Formação de Policiais (Cefap) terá que passar por uma reforma em sua estrutura e ao final, segundo ele, outros 300 aprovados serão convocados e até o final da validade do concurso, pelo menos mais mil serrão convocados.

Auditoria I

O presidente do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE), conselheiro Ulices Andrade, confirmou que após auditoria feita a pedido do governo na folha de pagamento do estado, foram encontrados salários de R$ 80 mil, além servidores com vários vínculos empregatícios. Ulices Andrade confirmou ainda que foi identificada também a situação de servidores com carga horária acima de 200 horas semanais, além de vínculos de 470 servidores em várias prefeituras.

Auditoria II

O levantamento feito pelo TCE aponta ainda casos de professores, dentistas, assistentes sociais e outras categorias. Os casos apontados como irregulares também serão investigados pelo Ministério Público Estadual.

Estamos de olho!

A informação é que, no dia que o TCE chegar à FHS e cruzar os dados com prefeituras do interior, como também com prefeituras de Alagoas e da Bahia, terá uma grande surpresa.

Samu

Lembram das crianças vítimas de infecção intestinal, no Colégio Marcos Maciel, semana passada? Enquanto a superintendente “levou a fama” na televisão, concedendo entrevistas, outra profissional controlou toda a regulação e se mostrou bastante eficiente e capaz. É “galeguinho”, nem sempre que aparece na TV fez o trabalho, propriamente dito. É preciso conhecer melhor a realidade do serviço, até para fazer justiça…

Gualberto I

O deputado estadual Francisco Gualberto (PT) apresentou o projeto de lei “Visão Sergipana”, que para garantir aos alunos do 1º ano do ensino fundamental da rede pública estadual para a realização do exame oftalmológico. O petista disse que participou de um evento na Somese (Sociedade Médica de Sergipe), semana passada, onde discutiu pontos do projeto com vários profissionais da área.

Gualberto II

Ao fazer uso da palavra, Gualberto disse que está tendo todo o cuidado para seu projeto não crie despesas para o Executivo e nem altere a estrutura administrativa do Estado. “Conversei com eles sobre esse cuidado, sobre a necessidade da gente respeitar esses limites. Eles me deram autonomia para promover alguns ajustes no projeto para garantir que ele seja aprovado sem vetos e que beneficie as crianças carentes”.

Debate amplo

Em seguida, Gualberto disse que vai tratar do assunto em audiências com a procuradoria-geral do Estado e com o secretário de Estado da Educação. “Temos que chegar ao objetivo da proposta que é atender a quem mais precisa. O programa Visão Sergipana é voltado para a proteção e recuperação da saúde ocular dos alunos matriculados no 1º ano da rede pública estadual de ensino, e será desenvolvido pela Secretaria em parceria com as entidades médicas oftalmológicas e não governamentais, além de associações sem fins lucrativos”.

 Convênios

Gualberto vê como positivo o fato de o projeto já estabelece com quem o Estado poderá conveniar e disse que o aporte financeiro do Executivo será o mínimo possível. Com a implantação do projeto os alunos do 1º ano terão acesso a exames gratuitos e obrigatórios com oftalmologistas. “O Poder Executivo regulamentará e dirá até onde pode chegar, o que vai garantir a constitucionalidade.  E a lei só passará a contar no prazo de 90 dias após a data de publicação. Aí nas reuniões que terei agora vamos alinhar sobre quem entrará com os óculos, com os oftalmologistas. Vamos negociar os limites”.

Apoios

A proposta contou com a adesão das deputadas Goretti Reis (PSD) e Maria Mendonça (PSDB). Ambas alertaram para a existência de um programa semelhante de amplitude nacional, mas defenderam que tudo seja alinhado para garantir uma política estadual de proteção. Maria Mendonça, inclusive, sugeriu que o projeto não fique apenas com cobertura da rede estadual, mas em todas as redes de ensino público.

Diagnóstico

O deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) apresentou um diagnóstico econômico de Sergipe, sobre produção e emprego, pontuando a falta de oportunidades de trabalho para pais de famílias e jovens trabalhadores. O deputado da oposição apresentou vários dados técnico para construir sua linha de raciocínio e finalizou dizendo que o ex-governador Jackson Barreto (MDB) e o atual governador Belivaldo Chagas (PSD) transformaram Sergipe “em uma catástrofe do desemprego”.

Rodrigo Valadares I

“Nossa economia está em decadência! Faltam investimentos! Com JB e Belivaldo, Sergipe vive a catástrofe do desemprego! O nosso porto só funciona para a Vale e, se fechar a Fafen, a situação será ainda pior; sobre o aeroporto melhor nem falar. Um voo para Miami chega a ser mais barato do que um trecho de outro Estado para Sergipe. Várias fábricas estão fechando, os investidores temem colocar dinheiro aqui e estamos diante de um governo inoperante, sem conhecimento técnico”, criticou Rodrigo Valadares.

Rodrigo Valadares II

Em seu discurso, ele apresentou dados sobre a produção econômica e o crescimento do desemprego em Sergipe. Disse que vários jovens procuram a classe política, distribuindo currículos, a procura de emprego, de uma oportunidade de trabalho. “As pessoas querem dignidade, querem garantir o sustento! Olhando os números do PIB (Produto Interno Bruto) de 2011, o Brasil cresceu 3,5%, o Nordeste 4,1% e Sergipe 4,8%. Já em 2012, com 1,5% Sergipe cresceu menos que o Brasil (1,9%) e o Nordeste (3%). Isso se repetiu em 2013 e, em 2015 e 2016, enquanto o País e a nossa região decresceram, o nosso Estado decresceu ainda mais”.

 Sergipe decresceu

Segundo Rodrigo Valadares a produção industrial com o início do governo de Jackson Barreto e a continuidade de Belivaldo Chagas voltou ao mesmo patamar de 2007. “Passamos 12 anos e não fizemos nada! Isso é grave! Enquanto o Tocantins cresceu 160%, Sergipe cresceu míseros 5%! O que faz esse grupo político com a nossa economia? Estão dizendo que seremos o ‘Qatar’ da América Latina em produção de gás e petróleo. Enquanto o País cresceu em 200% na produção de gás, Sergipe decresceu em 76%; na produção de petróleo o País cresceu 110% e Sergipe decresceu 51%”.

 Desemprego em alta

O deputado foi ainda mais além e disse que hoje são 182 mil pessoas desempregadas em Sergipe que, com 14,3%, entre 2017 e 2018, chegou ao posto de maior variação entre os Estados do Nordeste e uma das maiores do Brasil. “E olhe que se dizem ser um governo de esquerda, mas que não diminui nem as desigualdades sociais. Em determinadas faixas, são 8% de brancos desempregados contra mais de 17% de jovens negros. É a maior distorção do Nordeste! Em alguns casos 3% são homens e mais de 17% são mulheres”.

Jovens sem oportunidade

“A maior faixa de desemprego está entre os jovens até 24 anos. Nossa juventude está entregue às drogas e à criminalidade. O mercado de trabalho pede experiência, mas não temos cursos de capacitação, de mão de obra. 70% dos empregos em 2017 foram gerados pelas micro e pequenas empresas. Em 2018 chegamos a 84%. Mas o governo só olha para as grandes empresas, como a termoelétrica que só gera emprego para quem é de fora, porque não capacitam e nem investem em educação por aqui. Os pequenos empresários empregadores sofrem com tantos impostos”, completou Rodrigo.

Projeto de Poder I

Por fim, Rodrigo disse que o agrupamento que comanda o Estado só se preocupa em se perpetuar no Poder, em manter cargos de comissão e garantir a reeleição dos aliados políticos, mas que só em dois meses do governo de Belivaldo Chagas, em 2019, 3.691 pessoas perderam seus postos de trabalho. “Desemprego é sinônimo de mortes e violência. É uma política desastrosa de geração de emprego! Cadê o governo da Justiça social? Estão destruindo o nosso Estado!”.

Projeto de Poder II

“Sergipe só funciona para eleger deputado, vereador e prefeito. E manter cargos comissionados! Colocam Cauê e Sales Neto para promoverem terrorismo contra a oposição. É projeto nefasto de Poder! Não temos uma política de Estado! A população precisa saber o que ocorre aqui! A população serve a um pequeno grupo, que era quem deveria servir ao povo de Sergipe. Isso é lamentável”, concluiu.

Gustinho Ribeiro I

Dos 29 membros titulares e mais os 17 suplentes da comissão especial da Câmara dos Deputados que irá proferir parecer sobre a PEC 34/2019, uma das mais importantes até o momento, o deputado Gustinho Ribeiro (SD) é o único parlamentar sergipano. “Sinto-me honrado e feliz pela confiança. Meu compromisso será para um resultado transparente e prático na obrigatoriedade do uso das emendas de bancada”, foi o que respondeu o sergipano, membro titular da comissão.

Gustinho Ribeiro II

A comissão é destinada a discutir a proposta que visa tornar obrigatória a execução das emendas apresentadas pelas bancadas estaduais e do Distrito Federal ao Orçamento da União. “É um grande passo que estamos dando, porque as emendas de bancada, que são bem maiores que as individuais, com sua obrigatoriedade de execução,  representam uma grande oportunidade de investimento em projetos grandiosos nos municípios”, avaliou, pontuando que se aprovada a matéria, os Estados terão R$ 1 bilhão a cada três anos, o equivalente a cerca de R$ 300 milhões por ano, apenas com as emendas de bancada.

Gustinho Ribeiro III

“Para quem enseja o máximo de desenvolvimento possível para nosso estado como eu, é claro que consideramos nossa escolha fundamental no processo de discussão da matéria. Acreditamos que ela pode mudar a realidade de muitos municípios”, completou o deputado. Atualmente, os gastos do Orçamento já são obrigatórios para emendas individuais de parlamentares. A novidade é para emendas feitas pelas bancadas estaduais também passarem a ser impositivas. Ou seja, o Governo Federal seria obrigado a liberar a verba de emendas parlamentares de bancada para ações previstas no Orçamento.

CRESS Sergipe I

No exato dia em que se comemora o Dia do Assistente Social, quarta-feira, 15 de maio, o CRESS Sergipe realiza a abertura da Semana do/a Assistente Social. O evento acontece a partir das 8h, no auditório da Faculdade Maurício de Nassau, localizada na Av. Augusto Franco que fica localizada na Av. Augusto Franco (Av. Rio de Janeiro), nº. 2340, bairro Siqueira Campos, em Aracaju.

CRESS Sergipe II

Com o tema “Se cortam direitos, quem é preta e pobre sente primeiro. A gente enfrenta o racismo no cotidiano!”, a palestra traz a debate o resultado das políticas ultraliberais que tem sido implementadas no país: o aprofundamento das desigualdades sociais, que afetam sobretudo as mulheres negras.

 Fábio Henrique

O Ranking dos Políticos considerou o deputado Federal Fábio Henrique como o melhor congressista de Sergipe. A avaliação está disponível no site www.politicos.org.br e faz uma avaliação dos 594 congressistas, sendo os 81 senadores e os 513 deputados federais.

 Ainda em Socorro

Postos de Saúde terão horário de funcionamento estendido em Nossa Senhora do Socorro. Até o final da campanha de vacinação contra a gripe, quatro unidades funcionarão até às 21h, a fim de proporcionar mais comodidade aos cidadãos. Visando garantir que a meta de imunizar 34.999 cidadãos socorrenses, inseridos no público alvo estipulado pelo Ministério da Saúde (MS), seja atingida no município a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), irá estender a partir  desta quarta-feira, 15, até às 21h, o horário de funcionamento de quatro Unidades Básicas de Saúde.

Vacina

A ação tem o objetivo de facilitar o acesso da população à vacina, que é destinada ao público infantil (a partir de 06 meses até os 05 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, idosos, professores, indígenas, pessoas privadas de liberdade, profissionais de saúde e pessoas com doenças crônicas, flexibilizando o horário de atendimento. Com a medida as UBS’s Gilton Resende (Parque dos Faróis), Gabriel Alves (Fernando Collor), Tancredo Neves (João Alves) e Augusto César Leite (Marcos Freire II), funcionarão, de segunda a sexta-feira, das 07h às 21h.

IFS

Toda comunidade acadêmica do IFS mobilizada para o dia 15, às 8h, para o café da manhã na sede do Sinasefe Sergipe, que fica em frente ao IFS Campus Aracaju. Vai ter debate, exibição de vídeos e oficina de cartzes. Às 13h, saída para a Praça General Valadão, onde haverá o grande ato.

Conciliação

A Defensoria Pública do Estado realiza nesta quarta-feira (15), das 8h às 17h, o Mutirão das Famílias. A ação – comemorativa ao Dia Mundial da Família e Dia do Defensor Público – acontecerá na Central de Atendimento Defensora Diva Costa Lima, na Avenida Barão de Maruim, 94, Centro. Serão ofertados serviços de orientação jurídica, sessões de conciliação e mediação, bem como ajuizamento de ações, relacionados à pensão alimentícia, divórcio, guarda, regulamentação de visita, conflitos familiares, investigação de paternidade, além de exames gratuitos de DNA e outros.

Defensoria

“É um mutirão diferente, onde iremos disponibilizar diversos serviços relacionados ao direito de família. Muitas questões poderão ser solucionadas através da mediação ou conciliação, por isso, estaremos realizando diversas sessões com o objetivo de promover a paz e restabelecer a boa comunicação nas famílias”, pontuou a defensora pública e coordenadora da Central de Mediação, Isabelle Peixoto.

Fecomércio I

O Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, realiza dia 18, das 09 às 15h, na Praça Mariana Moura, Bairro 17 de Março, zona de expansão de Aracaju, o projeto Razão Social. Será um grande mutirão de cidadania, visando atender comunidades de baixa renda e que têm dificuldade de acessar serviços essenciais como emissão de documentos, cadastro de empregos, consultas ao INSS, atendimento jurídico através da Defensoria Pública, entre outros serviços.

Fecomércio II

Estarão presentes também as unidades móveis do Bibliosesc, Saúde Mulher, que realizará exames de mamografia e campanhas de cuidados bucais, orientação nutricional, teste de visão, testes rápidos de HIV, Hepatite e Sífilis, e os serviços da unidade móvel OdontoSesc que irá realizar atendimento clínico odontológico. “Nossa estimativa é atender cerca de mil pessoas através do esforço coletivo de levar ações afirmativas e que venham diminuir o abismo social existente no Bairro 17 de Março”, afirmou o presidente da Fecomercio Laércio Oliveira.

Japaratuba

A prefeita de Japaratuba Lara Moura entregou ao Conselho Tutelar o kit de computadores, num total de cinco, que vai auxiliar de forma significativa no bom andamento dos trabalhos. O kit faz parte do conjunto de equipamentos que estão sendo doados pelo governo federal por meio de emenda do ex-deputado federal André Moura, a todos os conselhos tutelares do Estado de Sergipe. O Conselho tutelar da sede do município já foi contemplado com um carro zero quilometro pela prefeita Lara e agora com os computadores.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

Deixe seu comentário...