Democracia Ameaçada

Nem os militares de alta patente escapam da verborragia do capitão de pijama. Sem projetos para o Brasil e incapaz de dialogar com os opostos.

POLÍTICA E COTIDIANO – ADIBERTO DE SOUZA – É assustador o clima de beligerância instalado no Brasil pelo próprio presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). Dia sim outro também o dito-cujo arranja encrencas graúdas com os mais variados setores da sociedade. E quem discorda de suas anacrônicas posições é logo taxado de comunista, inimigo da Pátria. Nem os militares de alta patente escapam da verborragia do capitão de pijama. Sem projetos para o Brasil e incapaz de dialogar com os opostos, o presidente estimula a divisão entre os brasileiros, tenta desmoralizar o Congresso e bagunça o governo, numa desarrumação jamais vista. O homem não se dobra nem para as sucessivas pesquisas, escancarando a sua impopularidade, atestando que o seu tresloucado comportamento está empurrando o país para o precipício. Estamos, portanto, assistindo uma ameaça velada à democracia, conquistada à duras penas. Decididamente, estamos no mato sem cachorro. Misericórdia!

Voz da razão

Em tempos tão difíceis, o sergipano Carlos Britto, ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal, recorre à voz da razão para desanuviar o clima: “Atestado de saúde cívica é nunca se esquecer de que todas as quatro pessoas federadas do Brasil estão proibidas de ‘criar distinções entre brasileiros ou preferências entre si’ (inciso III do art. 19 da Constituição)”. É vero!

Vítima de fake news

O conselheiro do Tribunal de Contas de Sergipe, Carlos Pinna de Assis, diz ter sido vítima de fake news. Ele afirma, hoje, no Jornal da Cidade, que “jamais foi julgado e condenado em qualquer tipo de ação, muito menos no cargo que ocupa”. Na edição do último domingo, o Jornal do Dia publicou uma ampla reportagem – repercutida aqui na coluna – informando que Pinna foi condenado pelo Superior Tribunal de Justiça por ter invadido terras da União, numa praia de Estância. O conselheiro promete ir à Justiça para restabelecer a verdade e punir os autores da fake news. Faz bem!

Petição de miséria

A grave crise econômica de Sergipe foi discutida pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) e o senador Alessandro Vieira (Cidadania). Segundo o parlamentar, diante de problemas tão urgentes, não é certo “pensar em política partidária, enquanto o povo sofre”. Os dois discutiram sobre as emendas de bancada, que devem ser usadas em obras estruturantes, como a recuperação das esburacadas rodovias estaduais. Ah, bom!

Disputa prêmio

E o deputado federal João Daniel (PT) é candidato ao prêmio Congresso em Foco 2019, na categoria “Clima e Sustentabilidade”. Esta premiação visa homenagear os parlamentares defensores dos recursos naturais e comprometidos com a defesa do meio ambiente. A votação online para escolher quem será premiado ficará aberta de 1º e 31 de agosto próximo, devendo o resultado ser conhecido no dia 19 de setembro. Então, tá!

Sangue novo

Tem gente nova pensando em disputar a Prefeitura de Carira. Presidente do Pros no município, Júnior de Leonídia quer desbancar os tradicionais grupos políticos comandados pelo prefeito Arodoaldo Chagas, o “Negão” (PSC), ex-prefeito Bosco Machado (PSD). Entre as propostas de Júnior para a campanha, se destacam investimentos na agricultura e captação de indústrias visando gerar empregos e renda. Vixe!

Não procede

E a Prefeitura de Aracaju nega que tenha investido em educação menos do que os 25% previstos constitucionalmente. Relatório do Tribunal de Contas de Sergipe mostra que, em 2018, a municipalidade aplicou na área 25,45%, equivalentes a mais do que R$ 305,4 milhões. Consciente que vem fazendo direitinho o dever de casa, a secretária da Educação, Cecília Leite, lamentou a divulgação de fake news com o objetivo claro de desgastar a administração da capital. Cruzes!

Abaixo o preconceito

A vice-governadora Eliane Aquino (PT) condenou a forma preconceituosa como o presidente Jair Bolsonaro (PSL) tratou os nordestinos, chamando-os de “paraíba”. A petista entende que “são tempos sombrios, de ódio, preconceitos, desrespeito às instituições, ao pacto federativo e ao povo. Mas também é tempo de união e de resistência”. Segundo Eliane, “o Nordeste, sua classe política, sua gente sofrida e trabalhadora não baixarão a cabeça”. Disso Bolsonaro pode ter certeza!

Unidade ameaçada

Em 2020, o PT e o PCdoB só permanecerão unidos se o prefeito Edvaldo Nogueira abrir mão da reeleição em favor de uma candidatura petista. Quem pensa assim é o ex-senador Antônio Carlos Valadares (PSB). Após ouvir uma entrevista do senador Rogério Carvalho (PT), Vavá concluiu que se o comunista insistir em disputar o próximo pleito não terá o PT em seu palanque. Aliás, essa possível divisão de velhos aliados é tudo que o PSB deseja. Homem, vôte!

Bom de garfo

E quem não dispensa uma boa comida nordestina é o prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PR). O homem adora almoçar com os amigos. Num dia, Valmir se farta de milho, beiju de amendoim, pamonha e pé de moleque na casa de dona Lourdes. Noutro, almoça “aquela carne frita recém-chegada da feira” com amigos dos povoados Terra Vermelha e Ribeira. Aos domingos, o prefeito se esbalda com o saboroso peixe torrado do bar de Pedro e, sempre que pode, encara um delicioso pirão de capão na casa do amigo Fernando. Aff, deu fome!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Cruzada, em 24 de dezembro de 1968.

Resumo dos jornais

 

Deixe seu comentário...