Educação Física atua na saúde pública e previne doenças da ociosidade

Profissionais se integram à atenção básica de saúde e ofertam qualidade de vida à população.

Compartilhe...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Print this page
Print

ARACAJU/SE – A Educação Física mudou bastante nos últimos tempos. Ganhou espaço e hoje é uma forte aliada da saúde pública. Há uma grande integração dos profissionais da área com os integrantes da equipe multidisciplinar que compõe a atenção básica da população. Quem explica este processo é o professor Silvan Silva de Araújo, coordenador do curso na UNINASSAU Aracaju. Ele observa que a Educação Física entra na saúde pública com o caráter preventivo, a fim de evitar o aparecimento de doenças crônicas degenerativas não transmissíveis.

“É importante ressaltar que o profissional de Educação Física se encaixa com sua importante contribuição ofertando projetos de atividade física à população. Essas ações sistemáticas têm sido designadas para a comunidade com resultados positivos. São elaborados programas de treinamento físico de exercícios funcionais de forma a modificar condutas e hábitos”, disse Silvan.

O professor reforça que hábitos alimentares não saudáveis podem trazer doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão e obesidade. Outro ponto relevante mostrado pelo professor é o impacto na redução destas enfermidades e de outras como osteoporose e cardiopatias, o que leva a uma economia significativa nos gastos com saúde pública.

PROJETO DE EXTENSÃO

Silvan observa que os alunos do curso na UNINASSAU estão integrados na saúde pública com visitas técnicas nos centros comunitários. “Começaremos a implantar projetos de extensão com caminhadas para a comunidade, alongamentos e corrida. Há um projeto de extensão já elaborado que deve ocorrer em abril”, disse. Ele informou ainda que no próximo dia 9 de abril haverá uma palestra – I Fórum Municipal de promoção e prevenção à saúde.

“Faremos o evento em parceria com o município de Aracaju através do programa da Academia da Cidade. O projeto foi idealizado por um professor que tive na década de 1980 e teremos como palestrante o professor de Educação Física, Magno Carvalho. Neste dia, contaremos também com o grupo folclórico Peneirou Xérem”, informou o professor.

Trabalhabilidade – O diretor da UNINASSAU Aracaju, Yuri Neiman disse que a participação dos alunos na saúde pública é de grande importância, já que a faculdade tem grande preocupação com as áreas de interesse profissional e social. “Nossos alunos, além de receberem uma boa formação superior, têm a oportunidade de realizar e participar de bons projetos sociais. A Educação Física na saúde pública cria mais uma possibilidade de inserção no mercado de trabalho. Essa é uma das nossas metas: empregar nossos alunos através da trabalhabilidade”, ressaltou o diretor.

Por Suzy Guimarães

 

Deixe seu comentário...