Amintas reforça apoio ao pleito dos concursados da segurança pública

Amintas iniciou falando sobre a dura realidade dos profissionais da Segurança Pública no estado de Sergipe.

ARACAJU/SE – Na manhã desta segunda-feira, 18, o vereador Cabo Amintas (PTB) participou, na Assembleia Legislativa, de uma audiência que teve como tema “Segurança Pública – Responsabilidade de todos. A importância do Concurso Público para a melhoria da qualidade de vida da população”.

Durante sua manifestação, que durou cerca de cinco minutos, Amintas iniciou falando sobre a dura realidade dos profissionais da Segurança Pública no estado de Sergipe.“O representante do Corpo de Bombeiros, dos aprovados, trouxe alguns assuntos ali. Eu vou lhe trazer uma realidade bem mais grave. Recentemente, num incêndio na cidade de Propriá, haviam apenas dois militares pra cobrir a ocorrência. Aí é aquela situação: você fecha o quartel e deixa lá entregue, ou não tem como atender a ocorrência. Vamos ver a Polícia Militar, que vive a mesma situação. Quantas e quantas cidades têm apenas dois militares, cidades que têm bancos… O policial acaba ficando trancado na delegacia, com a vida em jogo, e muitas vezes não são reconhecidos pela sociedade”, afirmou.

Trazendo dados, o parlamentar comparou o efetivo de Alagoas e Sergipe durante períodos “Pra vocês terem uma ideia, em 2012, o estado de Alagoas, que tinha aproximadamente uma população de três milhões de

habitantes, tinha um efetivo de 12.165 policiais militares. Enquanto Sergipe, em 2012, no maior efetivo que a polícia teve, chegou a 7.172 para uma população de dois milhões cento e setenta e dois mil habitantes. Hoje, para uma população de mais de dois milhões e trezentos mil habitantes, segundo o IBGE, temos 6.565 militares, ou seja, cerca de 600 policiais a menos para um aumento considerável da populacão”, salientou.

O vereador lembrou ainda de um pedido que fez aos ex-companheiros de Câmara, o deputado Iran Barbosa (PT) e a deputada Kitty Lima (Rede), de que não esquecessem da Segurança Pública. Diante da audiência, Amintas viu como um bom sinal de que não se esquecerão.

Cabo Amintas também falou sobre o ticket da Polícia Militar, crítica recorrente em seus discursos. “Dia desses eu questionei o ticket de oito reais da Polícia Militar e descobri que os colegas da Polícia Civil nem isso têm. Quando a gente pensa que está ruim, sempre pode ficar pior. Se vocês não têm uma postura de cobrar do Governador, de cobrar dos representantes, vai ficar um marasmo! Vocês hoje tem quatro deputados que estão jogando duro nessa Casa. Sinto falta da presença do deputado Policial Militar, mas acredito no trabalho desses quatro guerreiros que estão aqui lutando por vocês, lutando por um Sergipe melhor”, disse, em referência aos deputados parceiros na audiência, Dr. Samuel Carvalho (PPS), Rodrigo Valadares (PTB), Kitty Lima (Rede) e Georgeo Passos (Rede).

Por fim, Amintas deixou o alerta “não vão pra manifestações aplaudir o governador, como foi sugerido um dia desses por um parlamentar. Vão pra manifestações cobrar! Político não tem medo de aplauso! Eu ficaria muito feliz se não trabalhasse, e ao chegar na solenidade, todo mundo me aplaudisse. Tem que vaiar, mostrar indignação”, concluiu.

FONTE: Assessoria de imprensa do parlamentar

FOTO: Evenilson Santana

 

Deixe seu comentário...