EUA: pelo menos 11 pessoas morrem em tiroteio em massa na Virgínia

A área ao redor do edifício, que contém uma série de outros prédios governamentais, foi isolada.

© Reuters O tiroteio aconteceu em área repleta de prédios governamentais

VIRGÍNIA – Onze pessoas foram mortas e outras seis ficaram feridas em um tiroteio em massa em um prédio governamental no Estado americano da Virgínia, informou a polícia local.

Segundo a corporação, o suspeito, um funcionário antigo e até então ainda ativo do Centro Municipal de Virginia Beach, onde o tiroteio ocorreu, disparou “indiscriminadamente”.

O atirador, cuja identidade não foi divulgada, foi morto por disparos durante intervenção da polícia no ataque. Já entre os feridos, está um policial, atingido por uma bala que atravessou seu colete.

A polícia acredita que o autor dos disparos agiu sozinho, e ainda não se sabe a motivação do ataque.

Os relatos do tiroteio começaram pouco depois das 16h no horário local (17h em Brasília) de sexta-feira.

Bloqueio

A área ao redor do edifício, que contém uma série de outros prédios governamentais, foi isolada.

O FBI (polícia federal americana) está no local ajudando autoridades regionais a investigar o tiroteio.

Uma funcionária do prédio em que ocorreu o tiroteio, Megan Banton, afirmou ao canal de televisão local WAVY que “ouviu pessoas gritando e pedindo para que as pessoas se abaixassem”.

© BBC

Nas redes sociais, governantes manifestaram condolências.

“Este é um dia trágico para Virginia Beach e para toda a nossa comunidade”, lamentou o governador da Virgínia, Ralph Northam, no Twitter.

“Meu coração está partido pelas vítimas deste tiroteio devastador, suas famílias e todos que os amavam. Estou a caminho de Virginia Beach agora e estarei lá dentro de uma hora.”

O prefeito de Virginia Beach, Bobby Dyer, descreveu esta sexta-feira como “o dia mais devastador” da história da cidade.

 

Deixe seu comentário...