Exames periódicos contribuem para prevenção de enfermidades como câncer de próstata

Exames periódicos contribuem para prevenção de enfermidades como câncer de próstata

A atividade de promoção à educação em saúde realizada, na quinta-feira, 29, na empresa Celse

A importância da prevenção e diagnóstico precoce do Câncer de Próstata e outras doenças masculinas foi o tema da palestra ministrada pelo gerente de Imunobiologia e Biologia Molecular do Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (Lacen), Cliomar Alves dos Santos. A atividade de promoção à educação em saúde realizada, na quinta-feira, 29, na empresa Celse, contou com a participação de colaboradores que trabalham na área administrativa, nos escritórios na Barra dos Coqueiros e em Aracaju.

Durante as palestras, o farmacêutico bioquímico informou que o Laboratório Central realiza o exame de sangue PSA (Antígeno Prostático Específico), para auxiliar no diagnóstico do câncer de próstata. “Coletamos a amostra do sangue e realizamos no laboratório de sorologia os testes de PSA Total e PSA Livre. Essas duas análises são realizadas através da metodologia de eletroquimioluminescência em um equipamento totalmente automatizado que verifica os níveis das moléculas do antígeno prostático presente no sangue. O médico utiliza o resultado das análises e junto com o exame do toque retal é possível fechar o diagnóstico”, explicou o profissional.

Conforme Cliomar Alves, a realização de exames periodicamente é essencial para avaliação clínica do cidadão. No caso dos homens, os cuidados devem ser redobrados para algumas das enfermidades mais comuns como, hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares, além do desenvolvimento do câncer de próstata e de pulmão para quem é fumante.

“Por isso que essas palestras são importantes, assim os públicos podem entender a importância da prevenção e esclarecem suas dúvidas. Quando falamos de saúde, devemos lembrar que cada pessoa conhece seu corpo, e o sinal de qualquer mudança, seja uma mancha ou o surgimento de um nódulo, serve como alerta, de que algo não está normal”, destacou o gerente do Lacen.

Histórico

Na oportunidade o gerente realizou, ainda, um relato sobre os serviços prestados pela Fundação de Saúde Parreiras Horta (FSPH) por meio do Lacen ao explicar, que a unidade é responsável pelas ações laboratoriais de média e alta complexidade em Vigilância em Saúde e complementação diagnóstica visando o controle dos principais agravos de saúde da população de Sergipe, também realiza ações que propiciam o conhecimento e investigação diagnóstica de agravos de notificação compulsória e imediata, a exemplo da Dengue, Leptospirose e Sarampo, dentre outras.

Fonte e foto assessoria

Deixe seu comentário...