Ezequiel Leite: “Gestão de Silvany envergonha o povo de Capela”

Para Ezequiel é inaceitável tudo o que aconteceu na festa da cidade. "Para começo de conversa, o gestor faz festa com dinheiro público.

Compartilhe...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Print this page
Print

CAPELA/SE – O ex-prefeito de Capela, Ezequiel Leite, lamenta os últimos acontecimentos registrados durante as comemorações na festa da padroeira da cidade, Nossa Senhora da Purificação. Para ele o povo capelense continua passando vergonha no plano estadual, correndo o risco de voltar a ter sua imagem exposta negativamente fora de Sergipe.

Para Ezequiel é inaceitável tudo o que aconteceu na festa da cidade. “Para começo de conversa, o gestor faz festa com dinheiro público quando está cumprindo rigorosamente com suas obrigações. Nós passamos o ano inteiro denunciando mazelas no município, como a falta de água constante, a falta de transporte para os estudantes, a falta de remédios e médicos nas unidades de Saúde. Eu entendo que se trata da festa da Padroeira, mas existem outras prioridades”.

O ex-prefeito lamentou a exposição negativa da imagem de Capela. “O nosso município viveu dias tristes, quando vivia estampado nas páginas policiais; com muito sacrifício conseguimos resgatar a dignidade e o orgulho capelense, com gestão e salários em dia, com fornecedores recebendo com regularidade, com os serviços públicos atendendo a contento; infelizmente voltamos aos dias tristes”.

Ezequiel completou dizendo que, além das mazelas, agora a cidade sofre com as “posturas vexatórias” de seus representantes. “Um vexame! O que aconteceu na festa da padroeira foi pura baixaria! Palavrões, desrespeito ao público e à santa, agressões físicas. Se não fossem os seguranças da banda teríamos um novo caso de polícia em Capela! Uma vergonha que saiu da cidade e se propagou pelas redes sociais em todo Estado e até na Bahia”.

Por fim, Ezequiel disse que, apesar da prefeita eleita não ser hoje a “maior autoridade” da cidade, a gestão de Silvany envergonha o povo de Capela. “Sãos casos de família que são invasivos, que interferem diretamente na administração. O marido da prefeita, que nem tem autorização para falar pelo município, agride um artista que é pago com recursos do povo de Capela? Essa gestão envergonha nossa cidade e nossa gente. Infelizmente ainda teremos que aturar por mais 11 meses”.

Fonte & foto – Assessoria

Deixe seu comentário...