Frente Unificada dos Operadores de Segurança Pública inicia planejamento de mobilizações conjuntas para 2020

Encaminhamento de pautas de interesse das categorias para o presidente da Assembleia Legislativa ocorrerá na terça-feira, 14.

Compartilhe...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Print this page
Print

SERGIPE – Nesta quinta-feira, 09, a Frente Unificada dos Operadores de Segurança Pública esteve reunida com o objetivo de iniciar o planejamento de atividades conjuntas que serão realizadas ao longo do ano. Na oportunidade, foi reforçado que os representantes dos sindicatos e associações que integram a Frente Unificada estarão na próxima terça-feira, 14, reunidos com o deputado estadual Luciano Bispo, presidente da Assembleia Legislativa, para encaminhar pautas de interesse dos profissionais de Segurança Pública.

“Essa primeira atividade conjunta da Frente Unificada dos Operadores de Segurança Pública foi prevista ainda no ano passado, quando o presidente da Alese assumiu o compromisso com as categorias de receber as demandas, analisar e posteriormente encaminhar para aprovação após alinhamento com o Governo do Estado. A expectativa é que antes do carnaval o Governo sinalize melhorias voltadas para esses profissionais de forma efetiva. Como atividade do calendário deste ano, a primeira ação será uma Assembleia Geral conjunta na metade do mês de fevereiro para análise do cenário e encaminhamentos coletivos. Nossa luta pela valorização dos profissionais de Segurança Pública permanece e será constante”, destacou Adriano Bandeira, presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol/SE).

Para Willanês dos Santos, presidente da Associação Militar Única, o momento é de planejar e cobrar resultados concretos. “Iremos cumprir o agendamento do compromisso previamente estabelecido no próximo dia 14 e aguardaremos uma resposta concreta do Governo antes do carnaval. O momento de planejar as atividades coletivas é agora, no início do ano”, pontuou.

Na opinião de Clichardson Hipólito, presidente do Sindicato dos Agentes de Segurança Socioeducativos de Sergipe (Sindasse), o ponto prioritário da Frente Unificada deve ser a reestruturação das carreiras. “Entretanto, continuaremos lutando pela reposição inflacionária e por melhoria das condições de trabalho dos profissionais de Segurança Pública. Novas mobilizações e outros tipos de eventos conjuntos já estão previstos em nosso planejamento que está em fase de construção”, mencionou.

Instituições integrantes

A Frente Unificada dos Operadores de Segurança Pública é composta pelos seguintes sindicatos e associações: Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol/SE), Associação dos Militares do Estado de Sergipe (Amese), União da Categoria Associada (Única), Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros de Sergipe, Associação dos Oficiais Militares de Sergipe (Assomise), Associação Integrada de Mulheres da Segurança Pública em Sergipe (Asimusep), Sindicato dos Agentes Penitenciários e Servidores da Sejuc de Sergipe (Sindpen), Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares de Sergipe (Aspra), Associação dos Militares da Reserva e Pensionistas (Asmir), Sindicato dos Peritos Oficiais de Sergipe (Sinpose) e Sindicato dos Agentes de Segurança Socioeducativos de Sergipe (Sindasse).

Deixe seu comentário...