Governo de Sergipe aplica prova de seleção do Pré-Universitário; 15.871 inscritos

Focados em conquistar uma das 5.675 vagas do Programa Pré-Universitário.

SERGIPE – Em relação à 2018, aumento da procura de estudantes pelo curso preparatório, que é coordenado pela Seduc, foi de quase 16%. Gabarito preliminar deve ser divulgado nesta segunda, dia 28

Focados em conquistar uma das 5.675 vagas do Programa Pré-Universitário (Preuni) do Governo de Sergipe, 15.871 candidatos se inscreveram no Processo Seletivo de Alunos do curso 2019, cujas provas foram aplicadas neste domingo, 27, em Aracaju e outros 26 municípios do interior do Estado.

Coordenado pelo Departamento de Apoio ao Sistema Educacional, da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Dase/Seduc), o Preuni chegou à 2019 com número de inscrições recorde, que representa uma demanda 15,8% maior que a do ano anterior, quando foram registradas 13.360 inscrições.

“O Preuni está estabelecido na sociedade hoje como uma marca de qualidade e de resultados positivos. Por este motivo, ano após ano, cresce significativamente a procura por vaga nos 44 polos do programa, que estão distribuídos em 29 municípios sergipanos”, afirma o diretor do Dase, Fábio Leite, ao explicar o motivo do aumento da demanda.

Sem registro de incidentes em nenhum dos 38 locais de provas, com segurança e organização, pontualmente às 9h foi iniciada a aplicação do exame, de forma simultânea em todo Estado.

Segundo a coordenadora pedagógica do Pré-Universitário, professora Gilvânia Guimarães, a seleção do curso se dá por meio da resolução de uma prova objetiva, com 60 questões, e redação de um texto a partir do tema proposto pela equipe de professores do programa, que é também responsável pela elaboração do caderno de questões, cujo conteúdo é inédito e exclusivo.

“Acabei de concluir o ensino médio aqui no Colégio Estadual Ivo do Prado e decidi tentar uma vaga no Preuni por acreditar que, com esse curso, posso me preparar melhor para as provas do Enem, dedicando-me ao longo do ano com os estudos preparatórios desse curso e complementando os estudos em casa”, disse o estudante Luiz Gustavo ao chegar ao Colégio Estadual Ivo do Prado, um dos locais de aplicação das provas.

O desejo de ingressar em um curso de graduação numa instituição pública de ensino superior motivou a jovem estudante Maísa Siqueira a se candidatar este ano a uma das vagas do Pré-Universitário. Segundo explicou, os resultados conquistados por alunos do Preuni conhecidos seus a fez se interessar pelo curso. “Algumas pessoas que conheço e que estudaram com os professores deste curso conseguiram ser aprovadas em universidades. Isso demonstra o sucesso do programa”, ressaltou Maísa, aluna também egressa da rede pública de ensino, ue pretende cursar Educação Física na graduação de nível superior.

Prestes a iniciar os estudos da 3ª série do ensino médio no Centro de Excelência Atheneu Sergipense, Emily Victória pretende chegar bem prepara às provas do Enem 2019. Por este motivo, sonhando com uma vaga no disputado curso de Medicina da UFS, a jovem estudante também se candidatou a uma das vagas do Preuni. “Mesmo estudando em tempo integral, optei por fazer o Preuni porque sei que os professores preparam bem os alunos”, disse, momentos antes de começar a responder a prova de seleção.

Resultados

De acordo com o Edital de Seleção de Alunos do Preuni, o gabarito preliminar da prova objetiva será divulgado nesta segunda-feira, dia 28, e o Gabarito Oficial será publicado na próxima sexta-feira, dia 1º de fevereiro, sempre no Portal da Seduc. Entre os dias 29 e 31, os candidatos podem apresentar recursos à coordenação do Curso Pré-Universitário.

“Os estudantes terão acesso ao resultado final no dia 13 de fevereiro. Caso aprovado, o candidato deve realizar sua matrícula, conforme locais indicados no edital do processo seletivo, entre os dias 13 e15 de fevereiro, pois as aulas presenciais, em todos os 44 polos, iniciam já no próximo dia 18 de fevereiro”, informa Fábio Leite.

Oficinas de Redação

Os estudos deste curso preparatório se estendem até o às vésperas dos dias de aplicação do Enem, contabilizando uma jornada superior a 36 semanas de aulas presenciais, realizadas das segundas às sextas-feiras em todos os polos do programa.  Para isso, o governo mantém cerca de 300 profissionais do magistério público estadual atuando como professores e coordenadores dos polos.

“Criamos em 2016 e consolidamos nos anos seguintes uma ação importante realizada pelo Preuni, simultânea a realização dos Super Aulões: as Oficinas de Redação, que têm à frente uma equipe de professores especializados em correção de textos e que oferece atendimento individualizado aos alunos”, ressalta Fábio Leite ao destacar que, no Enem 2018, mais de 20 alunos do Preuni obtiveram 980 pontos na prova de Redação.

FONTE & FOTO: SEED

Deixe seu comentário...