Homem do campo começa a ser beneficiado com novas cisternas

A obra leva dignidade para as pessoas do campo, principalmente o sertanejo.

SERGIPE – A população de povoados dos municípios de Tobias Barreto, Simão Dias, Macambira, Frei Paulo, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora da Glória, Monte Alegre e Poço Redondo começa a ser beneficiada com a construção de cisternas e barreiros trincheiras mediante convênio firmado entre o Ministério do Desenvolvimento Social e o Governo de Sergipe, na ordem de R$ 15 milhões, viabilizado pelo deputado federal reeleito Fábio Reis (MDB). Com esses recursos, serão construídas 3.062 cisternas e 514 barreiros trincheiras em povoados desses municípios sergipanos.

Na manhã desta quinta-feira, 24, representantes da Associação do Movimento Popular Resgatando Vida e Cidadania se reuniram com o secretário de Estado da Administração (SEAD), George Trindade. O objetivo foi o alinhamento das diretrizes para prestação de contas e definição do início das novas etapas do convênio.

O coordenador da associação, Eduardo Santos Rodrigues, destaca a importância da construção de cisternas e barreiros trincheiras para as comunidades que ainda sofrem com problema de desabastecimento de água. “A obra leva dignidade para as pessoas do campo, principalmente o sertanejo”, afirma.

Para o secretário George, a construção de novas cisternas e barreiros trincheiras dá cidadania para o homem do campo e do semiárido, que é o mais sofrido nesse momento que os estados passam por uma seca tremenda, com vários municípios em estado de emergência.

“Nesse período um acalanto com cisternas dispondo de capacidade para abastecimento de 16 mil litros de água, já com 8 mil litros abastecidos,  ameniza a vida difícil do homem do campo não só agora como no futuro. É um projeto que mudará a vida do homem do campo e do pequeno agricultor sertanejo”, comemora.

Em fevereiro de 2018 a Associação do Movimento Popular Resgatando Vida e Cidadania e o Centro Dom José Brandão de Castro ganharam licitação feita pela então Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) para construção de cisternas e barreiros trincheiras em vários municípios de Sergipe. O prazo para entrega das 3.062 cisternas e 514 barreiros trincheiras vai até fevereiro de 2020.

FONTE & FOTO: Assessoria de Comunicação

Deixe seu comentário...