HORRIPILANTE: AMESE denuncia descaso do poder público com cemitério São João Batista em Aracaju

Por todo lado você enxerga ossos espalhados, caixas coletoras de lixo, uma fedentina terrível, além de moscas e insetos de diversos tipos.

ARACAJU/SE – Na manhã de hoje, 14 de maio, a Associação dos Militares do Estado de Sergipe – AMESE oficiou o Prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, e o Ministério Público Estadual solicitando melhorias nas instalações do cemitério municipal São João Batista.

No documento, foram anexadas várias fotografias que mostram a situação de abandono na qual se encontra esse espaço público no qual são sepultadas, via de regra, as pessoas mais humildes da capital.

“A situação do São João Batista é deplorável. Por todo lado você enxerga ossos espalhados, caixas coletoras de lixo, uma fedentina terrível, além de moscas e insetos de diversos tipos incomodando os transeuntes. O ambiente é insalubre. Esperamos que as autoridades públicas tomem providências urgentes, pois os falecidos e seus familiares e amigos merecem respeito nesse momento de dor. Até parece que as pessoas que comparecem para se despedir de seus entes queridos estão lá para fazer o descarte de um corpo, e não prestar uma homenagem, face o abandono em que se encontra o cemitério. É lamentável.” Afirmou o presidente da AMESE, o sargento Jorge Vieira.

Veja, abaixo, as fotos, ofícios protocolados pela AMESE:
FONTE & FOTO: AMESE

Deixe seu comentário...