Insatisfeitos com Belivaldo, um ano depois, aliados já “sentem saudade” de JB!

As dificuldades de se gerir um Estado hoje em dia, seria natural que essa “popularidade”.

POLITIZANDO – HABACUQUE VILACORTE – Após a vitória bastante expressiva nas urnas, em outubro do ano passado, prometendo ser a “solução” para os problemas do Estado, o governador Belivaldo Chagas (PSD) apostava que iria “surfar” em um “mar tranquilo” pelo menos nos primeiros seis meses de seu segundo mandato a frente do Executivo Estadual. Com as cobranças comuns e as dificuldades de se gerir um Estado hoje em dia, seria natural que essa “popularidade” fosse caindo aos poucos, de uma forma que o governo conseguisse contornar com algumas ações, ao menos, paliativas.

O problema é que, desde reeleito, Belivaldo focou em tentar passar para a sociedade em geral um suposto “distanciamento” do ex-governador Jackson Barreto (MDB), até para que as pessoas esquecessem um pouco de seu antecessor que saiu do governo bastante desgastado. O “galeguinho” não estava “rompendo” politicamente com JB, mas apostou em deixa-lo distante até as “coisas se acalmarem” por aqui. Para tanto, o atual governador fez uma “limpeza” em centenas de indicações políticas e pessoais que entraram na gestão no governo de Jackson.

Essa medida, em perfeita sintonia com a decisão de exonerar todos os cargos comissionados e recontratar a maioria, incomodou muita gente, em especial, alguns “apadrinhados” de JB que foram “esquecidos” pelo atual governador. Desde abril apenas tocando uma “máquina inchada”, Belivaldo decidiu que era a hora de ele fazer as indicações, das lideranças ficarem lhe devendo gratidão, fazendo valer a tese que de o seu era um “novo governo”. A turma insatisfeita passou a questionar o ex-governador que, diante das exonerações, decidiu cobrar suas “fatias no bolo”…

Jackson reclamou e “ganhou” o controle da Sedurb e da DESO, mesmo “curtindo a aposentadoria” e distante das polêmicas na imprensa. É bem verdade que queria mais espaços, mas Belivaldo já tinha montando, dentro dos seus critérios, o 1º escalão e confirmado os principais nomes do 2º escalão. É ai que os problemas do governador vieram à tona: muitos aliados, alguns de primeira hora, não tiveram espaço no governo, sequer foram ouvidos ou lembrados. Alguns reclamam que, inclusive, foram “rifados” para dar espaço aos “novos aliados”.

Em meio a esse inconformismo, onde os aliados pouco se movem para ajudar o governador, eis que Belivaldo traz a tona uma “verdade” que ele escondeu durante toda a campanha eleitoral dos sergipanos: o Estado está quebrado! O “rombo” reclamado é tão grande que em uma década dificilmente não se consiga retomar, completamente, a estabilidade financeira. Para piorar, sem “prestígio” e sem um bom “interlocutor” junto ao governo federal, o “galeguinho” se aliou aos demais governadores do Nordeste para “peitar” o presidente da República…

Em quase um ano de governo, Belivaldo mais “continuou” ações iniciadas por JB do que tocou obras propriamente suas. Tem muito tempo “para resolver”, é verdade, mas assim como era grande a expectativa para seu governo, “assustadora” tem sido a queda de sua popularidade. Entre os que lhe fazem oposição, isso seria até natural, mas a insatisfação é grande também junto aos aliados. Há quem esteja satisfeito, justiça seja feita, mas os problemas se acumulam, o “pescoço continua grosso” e, por incrível que pareça, já tem gente na base aliada com saudade de JB! Coisas da vida…

Veja essa!

As empresas Acron, Formitex e Proquigel atenderam os requisitos exigidos pela Petrobras e estão habilitadas a participar da licitação destinada ao arrendamento das fábricas de fertilizantes da Bahia e de Sergipe (FAFEN). A etapa de pré-qualificação foi encerrada na segunda-feira (1º).

E essa!

O processo licitatório para arrendamento das unidades que estão paradas seguirão os ritos da lei 13,303/2016 – Lei das estatais. A Acron é uma sociedade anônima de capital aberto da Rússia, com ações negociadas na Bolsa de Valores de Moscou e de Londres. Essa empresa já tentou adquirir outras unidades da Petrobras no Brasil.

Fafen/BA

A Petrobras está impedida, por decisão da Justiça Federal, de fechar a fábrica de fertilizantes nitrogenados (Fafen), em Camaçari, na Bahia, mas até que a empresa conclua projeto para vazão de amônia pelo Terminal Marítimo de Aratu. A Petrobras deve concluir o projeto para vazão de amônia somente no final do ano.

Gustinho Ribeiro I

O deputado federal Gustinho Ribeiro (SD/SE) aprovou um requerimento de sua autoria, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar contratos internacionais do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Gustinho Ribeiro II

No requerimento encaminhado ao Tribunal de Contas da União (TCU), o parlamentar sergipano busca informações sobre todas as operações internacionais realizadas pelo banco, no período de 2003 a 2015.

Gustinho Ribeiro III

“Quero detalhes de todas as empresas brasileiras que receberam bilhões em recursos públicos para realizarem obras em outros Países. Precisamos de respostas claras do BNDES ao povo brasileiro e com urgência!”, justifica o deputado, que é membro da CPI.

CPI do BNDES

A Comissão investiga projetos em países como Gana, Guiné Equatorial, Venezuela, República Dominicana e Cuba, onde empreiteiras brasileiras obtiveram financiamento para obras. À época a justificativa para o investimento seriam contrapartidas que colaborassem para o desenvolvimento econômico e social do País.

PF em Sergipe I

A Polícia Federal deflagrou, nessa quinta-feira (4), nas cidades de Aracaju, Poço Redondo, Frei Paulo, Macambira, Salvador e Petrolina, novas fases da OPERAÇÃO ACESSO NEGADO, com o objetivo de desarticular organização criminosa responsável por desvio de recursos públicos.

PF em Sergipe II

Trata-se da terceira, quarta e quinta fases da Operação Acesso Negado, desencadeada inicialmente em novembro de 2015 e com segunda fase deflagrada em fevereiro de 2019. As novas fases investigam irregularidades na contratação, pelos Municípios de Frei Paulo, Macambira e Poço Redondo, da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP denominada Instituto Sócio Educacional Solidariedade – ISES.

A PF vai voltar

Muita gente imaginava que o objetivo da Operação da PF em Sergipe seria outro. Informações dão conta que, possivelmente na próxima semana, os federais voltarão ao Estado para buscar detalhes de outro assunto. Se confirmada esta outra Operação, a imprensa local terá muito que falar…

Bomba!

O deputado estadual Garibalde Mendonça (MDB) e o suplente Róbson Viana (PSD) já foram vistos conversando, recentemente, em alguns pontos da capital.

Exclusiva! 

Uma fonte bem avisada acredita que “onde há fumaça, há fogo”. Sendo assim, será que a “pauta” dos encontros é a Prefeitura de Aracaju em 2020?

Chapa forte

Por enquanto são apenas especulações, mas os dois têm liderança na capital e não estão prestigiados pelo prefeito Edvaldo Nogueira. Juntos podem dar o que falar no próximo ano…

Crise nos shoppings I

Alguns setores da imprensa informam que lojistas estão deixando os shoppings da capital por conta das altas taxas cobradas. Este tem sido um problema registrado em outros Estados brasileiros e começou a ser uma “tendência do mercado” as lojas satélites começarem a apostar em unidades na rua.

Crise nos shoppings II

O comentário no mercado é que algumas redes planejam fechar lojas em shoppings até o final do ano. Vão migrar para a rua onde os custos são menores. A “tendência” é que algumas dessas lojas migrem para galerias, onde o custo de ocupação chega a ser entre 50% a 70% menor do que nos shoppings.

Shopping & Serviços

Se confirmada essa “tendência” é muito provável que os shoppings deixem de ser referências em centros de compras, tornem-se um local de prestação de serviços e exposição de produtos. O grande problema com essa migração de lojas satélites para a rua é que muitos postos de trabalho serão reduzidos. É mais desemprego…

Turismo em baixa I

Termina nesta quinta-feira (4), em São Paulo, a World Travel Market 2019 é um evento de abrangência internacional que oferece oportunidades de negócios e contatos de qualidade. O evento determina o rumo do setor de viagens e turismo.

Turismo em baixa II

Sergipe estava representado no WTM com um stand sem qualquer atração, sem identificação com a nossa cultura e exibindo um vídeo patrocinado pela ABIH. Enquanto isso, outros Estados deram um “show” em criatividade, valorizando seus destinos e sua culinária.

Oportunidade perdida

O evento internacional tem alto alcance global e é uma grande oportunidade para os expositores fazerem networking e ampliarem seus conhecimentos com palestrantes renomados do setor. Infelizmente o turismo não é prioridade em Sergipe…

Ulices Andrade

O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Ulices Andrade, recebeu em seu gabinete o coordenador do Fórum Empresarial de Sergipe, Milton Andrade. A visita de cortesia foi provocada pelo dirigente do Fórum, que tem percorrido instituições do poder público para debater aspectos referentes às finanças do Estado.

Milton Andrade I

“Estamos fazendo isso com todos os poderes, para que a gente possa, poder público e iniciativa privada, encontrar soluções viáveis para tirar Sergipe da maior crise econômica já vivida em sua história”, afirmou Milton Andrade.  Ao fazer uma avaliação sobre o encontro, o empresário enalteceu a base de dados e o corpo técnico do TCE, além de elogiar o conhecimento do conselheiro-presidente acerca do tema tratado.

Milton Andrade II

“O conselheiro está antenado com as medidas que devem ser tomadas no equilíbrio das contas, na redução dos desperdícios, ou seja, na melhor performance do gasto público e isso reflete na melhora do ambiente para a iniciativa privada estar empreendendo, gerando mais emprego e arrecadação para o Estado”, concluiu.

Elber Batalha I

O vereador Elber Batalha (PSB) informou que esteve no Sindicato dos Enfermeiros de Sergipe (SEESE), onde pegou toda documentação do relatório apresentado pelo entidade à Câmara Municipal de Aracaju (CMA, na semana passada, referente à privatização do Hospital Nestor Piva. Elber informou que a documentação que a oposição da CMA irá apresentar ao Ministério Público (MP) contra a Prefeitura de Aracaju e Secretaria Municipal de Saúde, já está em fase de conclusão.

Elber Batalha II

“Faremos uma representação no MP sobre a questão desse contrato que já foi provado que foi realizado de forma totalmente ilegal. Prepararei o relatório esse final de semana e, provavelmente, na outra vamos apresentar, toda a oposição em conjunto. Por isso que fomos no SEESE para anexar em nossa representação. Vamos apresentar coisas novas nessa queixa-crime”, garantiu o parlamentar.

Valadares Filho I

O presidente Estadual do PSB de Sergipe, Valadares Filho, comenta sobre a gestão de Edvaldo Nogueira. Para ele, o prefeito da capital não tem apetite. “Edvaldo não tem apetite de um gestor moderno. Basta fazer uma breve análise do período em que ele está à frente da prefeitura. Foram seis anos como prefeito na gestão anterior, está no terceiro ano desta gestão e passou outros seis anos como vice-prefeito. Ao todo são quase 15 anos gerenciando a capital e os problemas são os mesmos”, observa Valadares Filho.

Valadares Filho II

O presidente do PSB relembra que dentro das promessas de campanha de Edvaldo estava a licitação do transporte público. “Não saiu do programa de televisão. Todos os anos o valor da passagem aumenta. O usuário do transporte público paga hoje uma das tarifas mais altas do país para utilizar de um serviço de péssima qualidade”.

IPTU

Outro caso que onera o contribuinte é o Imposto sobre a propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU). “O prefeito disse que revogou o aumento do IPTU, fez a maior propaganda. É só o aracajuano olhar o valor que veio no talão de cobrança do imposto este ano para dizer se realmente houve a revogação”, alerta Valadares.

Saúde terceirizada

Valadares Filho faz ainda duras críticas a terceirização dos profissionais da saúde. “Essa é a velha prática: primeiro transforma a saúde em um caos para depois apresentar uma solução para o problema que ele mesmo criou. Essa terceirização dos profissionais de saúde é o maior absurdo, nenhuma categoria é a favor disso. Não há, inclusive, diálogo com os sindicatos neste sentido”.

Toma lá, dá cá!

A denúncia mais grave apresentada é sobre a mudança no comando de secretarias municipais visando projetos políticos. “Com a proximidade da eleição começa a velha prática do toma lá dá cá através do loteamento de cargos públicos. O pior é que as mudanças estão sendo amplamente divulgadas pela própria prefeitura. Tudo isso está sendo feito pensando na eleição. É lamentável”, conclui Valadares Filho.

Emília Corrêa I

“Atenção, pedófilos, está chegando o final de vocês”, foi com essa frase que a defensora pública e vereadora, Emília Corrêa (Patriota), usou o Pequeno Expediente para falar sobre a operação nacional que apura crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes, deflagrada pelo Ministério da Justiça em conjunto com as polícias civis dos estados.

Emília Corrêa II

Através de um vídeo que tratava sobre o tema em questão, a parlamentar falou que os pais estarem sempre atentos aos comportamentos e ambientes que os filhos frequentam, é uma maneira de diminuir as chances de que seus filhos sejam vítimas da ação do pedófilo. “Sei que o assunto é delicado e assusta os pais, mas, na maioria dos casos, o pedófilo é alguém que pertence ao grupo social a qual a criança pertence. Alguém acima de qualquer suspeita”, explicou.

Kitty Lima I

A deputada estadual Kitty Lima (Rede), juntamente com os demais membros do G4 (Georgeo Passos, Rodrigo Valadares e Dr. Samuel Carvalho), protocolaram na Assembleia Legislativa um convite para que o governador do Estado, Belivaldo Chagas, compareça à Casa para uma audiência pública com os parlamentares. O intuito é fazer com que o chefe do Executivo Estadual esclareça aos questionamentos dos parlamentares a cerca da situação dos diversos setores do Estado.

Kitty Lima II

“Temos vários questionamentos que precisam de respostas e ninguém melhor do que Belivaldo Chagas para isso, já que ele se mostrou disposto a vir até esta Casa. Queremos ouvir dele como estão os investimentos na saúde, na educação e na segurança pública, por exemplo, e quais são as políticas públicas que estão sendo desenvolvidas nesses setores visando o bem-estar da população sergipana”, explicou Kitty.

Kitty Lima III

“Como podemos trabalhar na elaboração de projetos de lei se não temos um panorama atual e real do nosso Estado? Queremos entender onde estão os entraves da administração para trabalharmos em parceria em prol de soluções viáveis”, completou a deputada. A iniciativa de convidar o governador surgiu após a divulgação de um áudio onde Belivaldo Chagas coloca-se à disposição para comparecer à Alese e responder a todos os questionamentos dos deputados estaduais.

Denúncia

O Ministério Público Federal em Sergipe denunciou o médico Marcos Rogério Kroger Galo por ter desviado medicamentos do Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) para seu consultório particular. De acordo com a denúncia do MPF, os crimes ocorreram entre 2017 e 2018 e o médico pode receber pena de até 20 anos de prisão e multa. A denúncia já foi aceita pela Justiça Federal.

MPF

Os 20 frascos de medicamentos anestésicos, no valor aproximado de R$ 3 mil, foram apreendidos pela Polícia Federal no consultório particular de Marcos Galo, que também atua como médico emergencista no Huse. Na investigação, ficou comprovado que os frascos apreendidos no consultório faziam parte de lotes adquiridos pelo Governo do Estado de Sergipe para o Huse e não poderiam estar em uso particular.

Pedidos

O MPF requereu à Justiça, além da condenação pelo crime de peculato, com o agravante de crime continuado, a fixação de indenização pelos danos causados ao estado de Sergipe e a perda do cargo público de médico, porque a infração foi cometida com violação ou abuso ao dever de honestidade com a Administração Pública. A denúncia também foi encaminhada ao Governo do Estado de Sergipe para a instauração de processo administrativo disciplinar contra o médico.

Marcos Kroger I

A defesa do médico Marcos Kroger vem esclarecer que em julho do ano passado foi surpreendido com uma operação da Polícia Federal em seu consultório particular. Lá na caixa de descarte encontraram cerca de uma dúzia de frasquinhos usados de anestésicos locais restos de procedimentos realizados no próprio Huse.

Marcos Kroger II

Na Polícia Federal Dr. Marcos esclareceu que esses frascos eram restos de procedimentos realizados no próprio hospital e que de forma displicente foram esquecidos nos bolsos do jaleco durante o atendimento de emergência e descartados depois do trânsito em seu consultório. Disse que não utiliza esse produto em seu consultório privado e que irá, como qualquer cidadão de bem tem de fazer, se defender na justiça.

Médico humanista

Disse que possui quase 25 anos dedicados ao atendimento de pessoas pobres no Huse e em diversas comunidades de Aracaju. Que sempre praticou uma Medicina humanista e vive dignamente da profissão. Trabalhador e cumpridor das suas obrigações, irá provar no Processo Judicial sua inocência, mas revela que o sentimento hoje “é de tristeza e indignação”.

CNJ em SE

Membros do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas (DMF) do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) estarão em Aracaju, nos próximos dias 4 e 5 de abril para dar encaminhamento às ações do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), um pacto firmado entre o CNJ e a Organização das Nações Unidas (ONU).

Reunião

Uma das atividades do grupo será uma reunião com os chefes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além do Ministério Público, Defensoria e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SE) para discutir ações conjuntas no âmbito da Justiça Criminal com relação ao Sistema Carcerário no país. A reunião acontecerá às 16 horas, no auditório do Pleno (8º andar do Palácio da Justiça Tobias Barreto de Menezes).

Justiça Presente

Um dos principais objetivos é sedimentar um programa do CNJ intitulado Justiça Presente, voltado para o fortalecimento de uma política de Estado que se propõe a enfrentar o quadro de inconsistência estrutural vivido pelo sistema carcerário, cujo impacto limita o exercício da atividade jurisdicional. Para tanto, foi realizado um levantamento de informações junto aos Tribunais de Justiça e reunidas informações dos órgãos nacionais que possibilitaram estabelecer subsídios para um diagnóstico estadual e a construção do Plano Executivo Estadual – 1ª Fase.

Cabo Amintas I

O vereador Cabo Amintas (PTB) foi entrevistado na rádio Jovem PAN, uma das poucas emissoras locais a abrir espaço para tratar dos desdobramentos da denúncia sobre a Máfia dos Shows. Amintas iniciou falando sobre a coragem do grupo que expôs e denunciou o cartel sergipano que comandava a maioria dos shows no estado. “Quando nós trouxemos isso à tona, foi porque um grupo de pessoas de coragem em Sergipe se reuniu, tinha as denúncias, documentos, e teve força para falar”, disse.

Cabo Amintas II

O parlamentar ainda cobrou um posicionamento do gestor municipal, Edvaldo Nogueira (PCdoB), diante do possível envolvimento de funcionários da prefeitura em denúncias. “O prefeito precisa se pronunciar! Na matéria, a própria Polícia Federal fala que no Forró Caju 2018 há indícios de um envolvimento, além do secretário, de uma funcionária da Secretaria de Cultura da prefeitura de Aracaju. Estamos falando de um montante de R$ 20 milhões! Vou conversar com meu assessor jurídico, ver quais pontos pretendemos investigar e fazer o requerimento de uma CPI, esperando o apoio e a assinatura dos colegas da Câmara de Vereadores”, afirmou.

Lançamento

O Padre Alessandro Campos vai lançar seu novo disco ‘Deus sempre faz o melhor’ em Sergipe. Os shows serão realizados no dia 12 de abril, a partir das 20h no Espaço Emes em Aracaju e no dia 13 de abril, a partir das 18h na Praça de Eventos de Nossa Senhora da Glória.

Célio Alves

No próximo dia 11, o empresário sergipano Célio Alves será uma das atrações do 6º Congresso Regional da Confederação Nacional dos Síndicos (CONASI), que acontece em Cuiabá e deve reunir grandes nomes, a exemplo de Márcio Rachkorsky, quadro da Rede Globo e maior especialista em Direito Condominial do País.

Síndicos

Célio vem se destacando no segmento por todo o Brasil com suas palestras esclarecedoras e que ajudam a melhor a gestão de condomínios. Para este evento, Célio Alves abordará a questão da Sustentabilidade nos condomínios, através da palestra intitulada “Como Economizar e Cuidar do Meio Ambiente – Condomínio do Futuro”.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

Deixe seu comentário...