Instalações do GETAM ficam alagadas após fortes chuvas

Documentos foram perdidos, computadores estão sem funcionar e os ar condicionados estão totalmente danificados.

Compartilhe...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Print this page
Print

ITABAIANA/SE – O Grupamento Especial Tático de Motos (Getam) do 3.º Batalhão de Polícia Militar (3.º BPM) passa por momentos de dificuldades estruturais: com as fortes chuvas ocorridas na manhã desta terça-feira, 16, as salas alagaram novamente e o trabalho administrativo, sob o comando do Tenente Ataíde Guedes, foi interditado. Documentos foram perdidos, computadores estão sem funcionar e os ar condicionados estão totalmente danificados.

De acordo com o Tenente Guedes, esta situação não é recente e já era prevista. Em 13 de fevereiro de 2018, houve o primeiro problema com a falta de estrutura do prédio: Choveu, o forro do telhado ameaçou cair, formou grandes rachaduras e ficou tudo visivelmente úmido. Diante dos problemas, um documento foi enviado ao Comando do 3º BPM, responsável por remeter às instâncias superiores, mas nada foi feito.

Em 17 de fevereiro deste ano o transtorno voltou a acontecer: parte do gesso caiu e destruiu as instalações dos Policiais Militares que compões a equipe. Mais uma vez um documento foi enviado e somente pequenos reparos foram realizados. “Desde que cheguei a Itabaiana, tenho feito documentos reivindicando melhorias na estrutura e até o momento presente, quase nada foi feito”, afirmou o Tenente.

Para que os prejuízos sejam menores, a sala de administração foi transferida para o pátio da base para que haja possibilidade de dar continuidade aos trabalhos nos próximos dias. “Agora é fazer um novo documento e esperar que esta situação seja resolvida o quanto antes. Hoje, inevitavelmente, eu estou sendo obrigado a interditar a minha sala”.

Desta vez, somente a sala do comando foi interditada, mas, se as providências não forem tomadas, os próximos passos tendem a interditar o prédio inteiro.

FOTO: Katiane Peixoto

 

Deixe seu comentário...