SERGIPE – Está marcado para a tarde desta segunda-feira, 19, o julgamento da chapa Belivaldo Chagas/Eliane Aquino por uma ação movida pelo Ministério Público Eleitoral que alega crime de abuso de poder econômico durante a campanha eleitoral de 2018. Segundo a procuradora federal Eunice Dantas, autora da ação, Belivaldo Chagas que disputou a reeleição no cargo de governador, teria participado de atos públicos e programas governamentais que lhe deram vantagem em relação aos adversários.

Já a linha de defesa do governador Belivaldo Chagas mostra que todos os atos administrativos alegados pela promotoria na ação de acusação foram realizados dentro do prazo estabelecido pela legislação eleitoral, portanto, não houve crime.

É grande a expectativa sobre esse julgamento.

Setores da oposição ao governo do estado já comemoram, pois segundo alguns dos seus membros, a cassação de Belivaldo e de Eliane no TRE de Sergipe já está consolidada.