Laudo aponta presença de “coliformes fecais” em água do Centro de Excelência Maria Ivanda de Carvalho Nascimento em Aracaju

Essa é uma análise prévia, mas que confirma a presença de coliformes totais como fezes na água.

ARACAJU/SE – De acordo com informações repassadas por Cliomar Alves, superintendente do Laboratório Central de Saúde Pública – LACEN, análises realizadas em águas coletadas Centro de Excelência Maria Ivanda de Carvalho Nascimento, antigo Colégio Estadual Marco Maciel, localizado  no bairro 18 do Forte, Zona  Norte de Aracaju – SE, onde 18 pessoas passaram mal, 16 alunos e dois servidores e foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), apontou a presença de coliformes na água. “Essa é uma análise prévia, mas que confirma a presença de coliformes totais como fezes na água, só não se sabe ainda qual o agente causador”, conta.

O fato foi registrado  na manhã da última quinta-feira,9, e as pessoas  apresentaram  sintomas de vômito e diarreia. Como o exame é preliminar, novas análises serão realizadas para para detectar qual o micro-organismo causou o mau estar nas vítimas.

Também está em análise no LACEN amostras de alimentos encontrados na escola e a previsão é que o resultado seja concluído em sete dias.

Seduc

A Seduc e escola ainda não foram notificadas e só vão se pronunciar quando receberam cópia do resultado da análise feita pelo LACEN.

 

Deixe seu comentário...