Lei “Pupinha”

Em sendo aprovado, o projeto de Fábio Reis atinge em cheio Gustinho, filho do conselheiro do Tribunal de Contas de Sergipe, Luiz Augusto Ribeiro, o “Pupinha”.

POLÍTICA E COTIDIANO – ADIBERTO DE SOUZA – O deputado federal Fábio Reis (MDB) quer ver bem longe da política o adversário e também deputado federal Gustinho Ribeiro (SD). Pelo menos é o que deixa transparecer o projeto de lei do emedebista, propondo a inelegibilidade de cônjuges e parentes até o terceiro grau de ministros e conselheiros dos Tribunais de Contas. Segundo Reis, sua proposta visa equilibrar o processo eleitoral, impedindo que integrantes das Cortes de Contas usem de má fé, pressionando gestores a apoiar parentes candidatos – sob a ameaça de rejeição das contas – ou fazendo vista grossa para as irregularidades dos prefeitos aliados. Em sendo aprovado, o projeto de Fábio Reis atinge em cheio Gustinho, filho do conselheiro do Tribunal de Contas de Sergipe, Luiz Augusto Ribeiro, o “Pupinha”. Aliás, por mais de uma vez, este mesmo conselheiro já foi acusado de usar o TCE para cabalar votos em favor do herdeiro deputado. Misericórdia!

Vida de gado

A Câmara dos Deputados aprovou, ontem, o texto-base do projeto de lei regulamentando as práticas da vaquejada, do rodeio e do laço. A proposta reconhece estas atividades como um bem de natureza imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro. Na vaquejada, por exemplo, o boi corre entre dois cavalos até ser puxado pelo rabo e derrubado em uma área demarcada de 10 metros. O destino dos animais utilizados nesta disputa geralmente é o abatedouro. Cruz, credo!

Olha da rua

A Justiça determinou o despejo da Secretaria da Saúde de Sergipe. Devendo três meses de aluguel, a pasta tem seis meses para desocupar o enorme prédio localizado na periferia de Aracaju. Na decisão, o magistrado Jair Teles da Silva escreveu que a crise financeira não pode ser usada pelo Executivo para não pagar o que deve. Aliás, o que mais o governo estadual tem feito é atrasar o pagamento de serviços contratados. Por causa disso, muitos empresários já foram à falência. Só Jesus na causa!

Sertão em festa

E quem deu com os costados no sertão foi o ex-governador Jackson Barreto (MDB). Convidado pela Universidade Federal de Sergipe, ele participou, ontem, da formatura da 1ª turma do Campus do Sertão, em Glória: “Ver filhos de pequenos agricultores, assentados da reforma agrária e quilombolas conquistando o diploma superior só enche meu coração de orgulho”, discursou JB. A professora doutora Lília Calheiros de Oliveira Barretto foi a paraninfa da turma, composta por 16 novos bacharéis em Agroindústria. Boa sorte a todos!

Garoto mimado

Veja o que publica, hoje, o Jornal da Cidade: “O secretário estadual do Turismo, Manelito Franco, faltou com o respeito ao trade turístico. Além de ter chegado atrasado à reunião, ele não aceitou que os participantes opinassem sobre o plano de marketing digital da Setur. Achando pouco, Manelito disse que os hoteleiros foram mentir para o governador Belivaldo Chagas (PSD). Afrontados, os empresários deixaram a reunião”. É por esta e por outras que, em junho último – mês das festas juninas – a ocupação da rede hoteleira de Aracaju foi de míseros de 47%. Crendeuspai!

Chove chuva

As chuvas não dão trégua. Segundo a Prefeitura de Aracaju, de ontem para hoje já choveu na capital 65,8 mm, quando o esperado eram 35 mm. Um dos principais pontos de atenção e mobilização do município foi a avenida Euclides Figueiredo, onde as equipes trabalham para reduzir os transtornos causados pelo aguaceiro. A previsão dos meteorologistas é que as chuvas diminuam a partir de hoje à tarde. Aguardemos, portanto!

Toma lá, dá cá

O vice-presidente nacional do PT, Márcio Macedo, denunciou que a compra de votos na Câmara Federal está funcionando a todo vapor. “O dinheiro do povo é usado descaradamente para tirar direitos do próprio povo. Essa é a nova política de Jair Bolsonaro”, diz o petista sergipano. O que se comenta em Brasília é que o governo havia prometido liberar R$ 40 milhões em emendas para cada deputado que votar a favor da famigerada reforma da Previdência. Homem, vôte!

Violência menor

No primeiro semestre deste ano, Sergipe registrou uma redução de 30,1% no número de homicídios dolosos em relação a 2018. Em Aracaju, essa queda foi de 47,4%. Levantamento feito pela Coordenadoria de Análise e Estatística Criminal mostra que nos últimos seis meses ocorreram no estado 386 assassinatos, contra os 552 em 2018. Em comparação com 2016, ano em que houve alta nos índices, foram 622 homicídios, significando uma queda de 37,9% ou 236 mortes violentas a menos. A vida agradece!

Grana nova

As prefeituras vão receber, na próxima semana, um repasse extra de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Este dinheiro extraordinário representa 6,96%, quando comparado ao repasse ocorrido no mesmo período do ano anterior. Os prefeitos devem ter cuidado na hora de aplicar essa grana, pois se trata de uma transferência constitucional, devendo, portanto, ser aplicada em manutenção e desenvolvimento do ensino. Então, tá!

Sexta tem teatro

O musical Desconto será exibido, sexta-feira agora, no Teatro Atheneu, em Aracaju. O espetáculo mostra a origem da violência em uma família e as como ela busca se reerguer. Os cinco atores e quatro músicos interpretam um texto denso e dramático, com momentos cômicos, muita música e expressão corporal. Os ingressos podem ser adquiridos no próprio teatro por R$ 20 a inteira e R$ 10 a meia-entrada. Prestigie!

Recorte de jornal

Publicado no jornal laranjeirense, O Horizonte, em 1º de janeiro de 1886.

Resumo dos jornais

 

Deixe seu comentário...