Mais de 400 pacientes procuram atendimento no Pronto Socorro do Huse

Foram 156 pacientes atendidos e desse total, 28 ficaram internados.

ARACAJU/SE – Entre a última sexta-feira, 22, até o início desta segunda-feira, 25, o Hospital de Urgências de Sergipe (Huse), unidade gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), atendeu a 424 usuários que procuraram atendimento no Pronto Socorro do hospital. Desse total, 79 ficaram internados na unidade. A Área Azul, considerada para pacientes de baixa complexidade, registrou 143 atendimentos, sendo que 18 continuaram internados e em observação para novos exames e procedimentos. A Sala de Sutura e a Ortopedia também receberam um número considerado de pacientes durante o final de semana. Foram 156 pacientes atendidos e desse total, 28 ficaram internados.

Os acidentes automobilísticos resultaram em oito atendimentos. Já os acidentes motociclísticos continuam liderando as estatísticas dos acidentes de trânsito. Foram 27 atendimentos e desses, 15 ficaram internados para a realização de outros procedimentos.

A violência urbana registrou 19 vítimas neste final de semana. Foram sete por arma branca, duas por arma de fogo e 10 vítimas de agressão física. Na Ortopedia, 69 pacientes deram entrada com algum tipo de trauma. Na Pediatria, o plantão desse final de semana foi considerado tranquilo, com 197 registros e desses, apenas 23 internamentos.

No ambulatório da oncologia, dois pacientes foram atendidos. Os consultórios do otorrino e oftalmo registraram 37 atendimentos. O Hospital Pediátrico Dr José Machado de Souza registrou 70 atendimentos aos pequenos pacientes e desse total, 20 precisaram ficar internados. Foi o caso do pequeno A.G.M, 3, que foi internado depois de uma dor abdominal seguida de vômito e diarreia.

“Meu filho estava muito molinho e eu corri para o hospital pois ele já não se alimentava e qualquer coisa provocava o vômito dele. Ele foi examinado e diagnosticado com infecção intestinal, ocasionado por aqueles salgadinhos de queijo. Agora ele já está medicado e com as dores controladas, além de já está se hidratando e começando a se alimentar”, explicou a recepcionista Yara Muniz, mãe do paciente.

FOTO: Flávia Pacheco – ASCOM / SES

Deixe seu comentário...