Morre aos 80 “Reinaldo Cavalcante” um dos maiores ícones do rádio Alagoano

No rádio, ele era completo. Como amigo também era ‘sem comentários’. Vai deixar uma grande saudade.

MACEIÓ/AL – Faleceu, nesta sexta-feira (9), aos 80 anos de idade,, um dos maiores ícones do rádio alagoano. Reinaldo, por 50 anos, comandou o programa “Hoje é dia de praia”. Além de radialista, ele também era publicitário e psicólogo. Ele estava internado em um hospital particular de Maceió e morreu após sofrer falência múltipla dos órgãos. Reinaldo lutava contra o Mal de Parkinson.

Reinaldo Cavalcante é considerado um dos pioneiros do rádio em Alagoas e trabalhou nas rádios Gazeta e Difusora, onde se destacou na narração esportiva. Amigos e companheiros de trabalho lamentaram a morte do comunicador.

Amizade e profissionalismo

O jornalista veterano Ailton Villanova falou sobre Reinaldo Cavalcante, a quem ele considera um “amigo irmão”. “Radialista, jornalista, cronista esportivo, psicólogo, Reinaldo Cavalcante me deu a honra e o privilégio de ser seu colega, amigo e confidente. Sua família, eu a tenho como minha. O conheci no final da década de 1950, no Colégio Estadual de Alagoas. Ele era dois anos mais adiantado do que eu. Mas formamos a mesma equipe de futebol. Daí, nasceu a nossa inabalável amizade. Perdi-o de vista por algum tempo, quando ele mudou de colégio. Foi estudar na antiga Escola Industrial de Alagoas, onde, numa partida futebolística, sofreu o acidente que lhe roubou a perna esquerda. No ano de 1959, voltamos a nos encontrar na Rádio Difusora. Nossa amizade ainda mais se fortaleceu”, disse Ailton.

Ailton também comentou que apresentou o jornal da Rádio Gazeta ao lado de Reinaldo por mais de 10 anos.

“Reinaldo, além de jornalista e radialista, era publicitário. A primeira agência de publicidade daqui de Alagoas foi dele e do Arnaldo Costa. Foi lá que lançaram meu filho Léo como publicitário. Reinaldo era um cara de gênio forte, mas sempre foi um grande amigo. Ele gostava de incentivar os mais novos. Foi um profissional de grande sucesso”, afirmou Ailton.

O também veterano da comunicação alagoana Marcos Guimarães também se pronunciou sobre o falecimento de Reinaldo Cavalcante.

“Ele foi um grande radialista, um grande homem da comunicação. Eu tive o prazer de trabalhar com ele na Rádio Difusora durante um bom tempo. Ele era amigo de todas as pessoas. Na minha visão, foi um dos melhores narradores esportivos de Alagoas. Ele tinha um grito de gol que era uma coisa fantástica. No rádio, ele era completo. Como amigo também era ‘sem comentários’. Vai deixar uma grande saudade. Fica a lembrança de que um grande homem e um grande profissional passou aqui na rádio de Alagoas e deixou um grande ensinamento”, disse Marcos.

O velório e o sepultamento aconteceram na noite desta sexta-feira, no cemitério Parque das Flores, em Maceió.

 

Deixe seu comentário...