MP de Sergipe é oficializado pela AMESE sobre interdição do 5º BPM

Além disso, solicita que os policias militares sejam transferidos para um local em que haja respeito ao princípio constitucional da dignidade humana.

SERGIPE – Na manhã de hoje, 09 de maio, a ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES DO ESTADO DE SERGIPE oficiou o promotor de justiça Eduardo Matos, curador da atividade externa da polícia, para que o mesmo ingresse com intervenção jurídica para que as obras solicitadas pela Defesa Civil e Vigilância Sanitárias municipais de Nossa Senhora do Socorro nas instalações do 5º BPM sejam realizadas com urgência.
A AMESE anexou ao ofício cópia dos laudos técnicos emitidos pelos órgãos públicos citados. Além disso, solicita que os policias militares sejam transferidos para um local em que haja respeito ao princípio constitucional da dignidade humana.
Para o presidente da AMESE, sargento Jorge Vieira, “O quartel do 5º BPM está em situação vexatória. Parece que a vida do ser humano, especialmente do policial militar, não tem valor. Temos certeza que o Ministério Público, ao tomar conhecimento, dos laudos emitidos, intervirá e dará uma solução ao caso em repeito a nossos profissionais de segurança pública”.
 

Veja, abaixo, o oficio protocolado pela AMESE no MPF/SE:

FONTE: AMESE

 

Deixe seu comentário...