Não quero a permanência forçada de nenhum parlamentar no PSC “A porta da rua é serventia da casa” diz André

Para bom entendedor está dado o recado.

SERGIPE – André Moura ex-deputado federal durante entrevista concedida ao radialista César Cabral no programa Tribuna 540 da FM Jornal, falou sobre vários assuntos, mas acabou surpreendendo a todos quando tratou especificamente sobre a possível saída de alguns parlamentares do PSC.

Em tom de irritação, André manifestou sua insatisfação contra a iniciativa de alguns deputados que já declararam publicamente a intenção de deixar o PSC, oferecendo a “porta da rua como serventia da casa”, mas ao tratar sobre as eleições municipais de 2020, André disse que a permanência do deputado estadual Gilmar Carvalho no PSC já foi sacramentada e que o partido vai trabalhar para ajudar Gilmar na construção da viabilidade de sua candidatura a prefeito de Aracaju.

Provocado pelo radialista César Cabral se essa oferta da porta da rua seria para o deputado estadual Capitão Samuel, que tem dito publicamente de forma reiterada que vai deixar o PSC, André não tergiversou, e sem citar nomes mandou um duro recado para o bom entendedor. “…o que eu já disse publicamente volto a repetir aqui; eu na condição de presidente do partido não quero a permanência forçada de ninguém no PSC; aqueles que quiserem sair a legislação é muito clara, quem sair do partido fora da janela é perda automática de mandato, mas quem quiser sair que fique a vontade, até porque a porta da rua é serventia da casa”.

Ainda sobre as questões internas do PSC André finalizou dizendo “…todos que foram para o PSC, foram porque construíram entendimentos comigo, e os entendimentos construídos comigo foram rigorosamente cumpridos, ninguém agora venha dizer o contrário; os que andam dizendo que vão sair do partido, eu não sei porque ainda não saíram…eu tenho visto parlamentar dizendo que quer sair do partido mas só falam, se falam tanto que façam e não fique só falando que vai deixar o partido; o que posso garantir é que eu enquanto presidente do partido não irei à Justiça pedir o mandato de ninguém”.

Para bom entendedor está dado o recado.

FONTE: BTR

Deixe seu comentário...