O troco? Rifado pelo PT em 2018, JB trabalha para afastar petistas de Edvaldo!

Articulação de esquerda, botou JB “pra correr”, aos gritos de “fora Jackson, fora Jackson”.

POLITIZANDO – HABACUQUE VILACORTE – Quem não se lembra da vinda do então presidenciável Fernando Haddad (PT) a Sergipe, no dia 22 de agosto do ano passado? Sob a companhia do “galeguinho” e então candidato à reeleição, Belivaldo Chagas (PSD), o petista presenciou um verdadeiro “vexame” do ex-governador e candidato ao Senado, Jackson Barreto (MDB). Era um ato político na sede do Partido dos Trabalhadores, mas militantes da legenda, em especial a tendência Articulação de Esquerda, botou JB “pra correr”, aos gritos de “fora Jackson, fora Jackson”.

Hostilizado naquele momento, o então candidato tentou minimizar o protesto, responsabilizando “um grupo inexpressivo”. Liderados pela então deputada estadual Ana Lúcia (PT) e com o apoio integral do atual deputado Iran Barbosa (PT), aquele grupo “minúsculo” se constituiu na formação de um verdadeiro “exército”, elevando assustadoramente a rejeição do emedebista, que mesmo sendo bem votado, findou não se elegendo senador da República, algo que sonhava para o final de sua carreira. Findou “escanteado” no 2º turno da eleição para não prejudicar o galeguinho…

Bem diz o dito popular: “vingança é um prato que se come frio!”. 10 meses depois de ser expulso da sede do PT, após ser hostilizado por um “grupo inexpressivo”, eis que JB ressurge para a opinião pública e bastante “empoderado”. Pressionou Belivaldo ao ponto de escolher o que queria na gestão estadual, fazendo algumas indicações, arrumando “seu povo”, mandando e desmandando na DESO e na SEDURBS. Na PMA, como já tem influência direta na Emsurb e na Emurb, agora assumiu o comando da Fundat, para “qualificar melhor” seu eleitorado…

Com a “faca e o queijo” nas mãos, entre uma viagem internacional e outra, em uma praia paradisíaca aqui e outra ali, sempre em boa companhia, agora reapareceu para a mídia e decidiu “mandar seus recados” para o Partido dos Trabalhadores, que ensaia uma pré-candidatura própria a prefeito de Aracaju: “se fizer a política de isolamento, termina isolado; se fizer política de alianças, tem aliança hoje e tem aliança amanha. O recado está dado”. Para bom entendedor, se o PT (leia Rogério Carvalho ou Eliane Aquino) almejam algo em 2022, tem que “baixar as orelhas” em 2020…

E quem disse que JB está preocupado com o PT? O ex-governador não diz isso publicamente, mas não move “uma palha” para manter a legenda na base aliada, em especial do prefeito Edvaldo Nogueira. Jackson não quer nem pensar em ver os petistas indicando a vaga de vice e, nesse ponto, está “alinhado” com o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD). Dilma (PT) já sofreu o impeachment; Lula está preso e não deverá sair tão cedo; e a legenda, por enquanto, não tem mais opções de “peso nacional”. Parece não despertar mais o interesse…

Em síntese, o “desenho político” para o próximo ano está “clareando”: Edvaldo disputa a reeleição com o apoio do MDB (Jackson) e do PSD (Mitidieri), e de quem mais se somar. PT e outras legendas que têm ambições para a capital ou aceitam o “pacote pronto” ou podem seguir outro rumo. E assim, mesmo nos bastidores, apenas articulando, JB que já tomou o Diretório Municipal do deputado Garibalde Mendonça (MDB), agora coloca a “faca no pescoço” dos petistas, em silêncio, mas com o peito gritando “fora PT, fora PT”. É o jogo da vida…

Veja essa!

Não se fala outra coisa nas rodas política do que o “mal-estar” causado pelo governador Belivaldo Chagas com suas recentes declarações sobre os outros poderes. O chefe do Executivo culpou a turma pela crise financeira e ouviu que sua gestão é responsável por 94% do caos. Os demais somados chegam a 6%…

E essa!

Já vamos entrar no mês de Maio e, por enquanto, o governador Belivaldo Chagas ainda não encaminhou para a Assembleia Legislativa os “projetos duros” que antecipou. A oposição já batizou de “pacote de maldades” do galeguinho. O comentário é que o governo vai deixar para enviar mais próximo do recesso, durante os festejos juninos…

Bomba!

Falando em “maldade”, um deputado estadual da base aliada, que pediu sigilo absoluto, informou este colunista que o governador pretende enviar para a Alese um projeto que aumenta para 30% a devolução para os demais poderes dos servidores inativos e pensionistas. O “galeguinho” quer apertar a Alese, o TCE, o TJ e o MPE…

Gaiatices

Um “gaiato” fez uma avaliação sobre a decisão do TCE que determinou a suspensão do pagamento do aumento na tabela de subsídios de militares reformados e pensionistas da PM. “Era tudo o que Belivaldo queria!”. Diante da negativa veemente de um governista, o “gaiato” emendou: “é melhor não pagar o deles ou atrasar o seu?”. O silêncio “sepultou” a conversa…

Falando nisso!

O deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC) defende que a categoria não “radicalize” com o governador e com o TCE sobre o assunto e tente chegar a um consenso. Ele propôs a criação de uma Comissão Suprapartidária na Casa em defesa do subsídio. “Nós apoiamos e lutamos para que fosse aprovado esse subsídio para vigorar a partir de Maio. O TCE determinou a suspensão da aplicação da lei e estabeleceu um prazo para o governo dar informações sobre a situação financeira de Sergipe”.

Gilmar Carvalho I

O deputado foi além e disse que tomou o cuidado de conversar com o governador e, em seguida, foi ao TCE para ouvir o conselheiro Carlos Alberto Sobral. “Estamos atuando e trabalhando, e faço um apelo aos militares reformados: não vão na onda de quem quer radicalizar contra o governador ou contra o TCE. Não é porque a lei foi aprovada aqui que Belivaldo tem que assumir. Depois dessa decisão o jogo muda”.

Gilmar Carvalho II

Em seguida, Gilmar Carvalho disse que faz oposição ao governo, mas não é irresponsável. “Peço que os militares reformados não radicalizem com o governo ou com o TCE. Só espero que não transformem quem é um grande aliado dos reformados em adversário. Dependemos da boa vontade do governador porque tem uma cautelar em suas mãos e, se ele cumprir, a categoria fica sem o benefício”.

Samuel na bronca

Por sua vez, quem não “digeriu” bem a decisão do TCE foi o também deputado Capitão Samuel (PSC). Da tribuna da Alese ele sugeriu, inclusive, acionar o Poder Judiciário para reverter a posição, questionou o “peso” da Corte como órgão auxiliar sobre uma lei aprovada na Assembleia e defendeu que os poderes assumam o ônus de seus aposentados e pensionistas.

LDO 2020

Já foi lido no expediente da Assembleia Legislativa e já se encontra em tramitação na Casa o projeto de lei de autoria do Poder Executivo que versa sobre as Diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária (LDO) para o exercício de 2020, com uma previsão de receita estimada acima dos R$ 10 bilhões e um déficit previdenciário previsto de R$ 1,4 bilhão. Para o atual exercício de 2019, o governo estima um déficit da Previdência da ordem R$ 1,2 bilhão, o que corresponde a 16,2% da Receita Corrente Líquida.

Tramitação

Até o final de junho, antes de entrarem em recesso, os parlamentares terão que apreciar e votar, em três discussões com um intervalo regimental de interstício, nas Comissões Temáticas e no plenário da Assembleia Legislativa, a LDO. Até lá o texto original deverá receber algumas emendas de autoria dos parlamentares.

PIB e IPCA

Para elaborar a Lei Orçamentária, o governo do Estado pontua que está levando em consideração um cenário mais otimista na economia nacional com crescimento estimado em 2% do Produto Interno Bruto (PIB) e inflação de 3,89% medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 2019. Já para o próximo ano o crescimento previsto é de 2,8% do PIB e o 4% para o IPCA, respectivamente.

Fechando no vermelho

Além do déficit com a Previdência, consta ainda no texto enviado para a Assembleia Legislativa, com base nas previsões de receitas e despesas para 2020, o governo do Estado está prevendo um Resultado Primário para o exercício de R$ -64,6 milhões (negativo). Em 2017 o déficit foi de R$ 256,3 milhões e em 2018 foi de R$ 305,7 milhões. A previsão para 2019 também é negativa, R$ 298,1 milhões.

Leve queda

A Receita Primária, que vinha se mantendo em um cenário de evolução, tem uma previsão de queda em 2020: R$ 8,57 bilhões. Nos últimos anos a estimativa foi de R$ 7,80 bilhões (2017), R$ 8,33 bilhões (2018) e R$ 8,65 bilhões (2019). Já as Despesas Primárias também acompanham essa linha no próximo ano: R$ 8,63 bilhões, após uma sequência de R$ 8,06 bilhões (2017), R$ 8,64 bilhões (2018) e R$ 8,95 bilhões (2019), respectivamente.

Eleita na Espanha

A sergipana, de Aracaju, Maria das Graças Carvalho Dantas, de 49 anos, ocupará uma das cadeiras que o partido Esquerda Republicana de Catalunya (ERC), que reúne independentistas, obteve nas eleições gerais. Ela vive em Barcelona há 25 anos. Pela primeira vez uma brasileira foi eleita deputada no Parlamento local.

 Marielle & Bolsonaro!

Em entrevistas à mídia nacional, a sergipana disse que “sou nordestina cabra da peste, daquela que pega a peixeira e coloca no meio dos dentes, discípula de Maria Bonita”. Ela pretende dar continuidade a luta da ex-vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada há pouco mais de um ano, no Rio de Janeiro e promete combater o governo do presidente Jair Bolsonaro. Ajudaria mais promovendo o destino Sergipe na Europa…

Galeguinho, galeguinho!

Porque as dispensas de valor para serviços de engenharia da SEED não respeitam o princípio da transparência e competitividade? Sobre o controle do diretor de obras (um ex-empresário mal sucedido nos negócios), são fortes os rumores de que as dispensas de licitação estão sendo supostamente direcionadas para “velhos parceiros” de longas datas e tratativas…

Abra do olho…

Ocorre que, inconformado com  o suposto direcionamento (infração) de pequenos serviços, o ‘pequenino’ diretor se ‘agigantou’ e agora encomendará as grandes licitações do órgão! Este colunista avisa: vêm aí as cenas dos próximos capítulos, recheadas de preços máximos, revezamento de poucas empresas e raríssimos satisfeitos…

Capela I

Surpreendido com a acusação da prefeita de Capela, Silvany Sukita, afirmando que ele e seu filho seriam os responsáveis pelo suposto “sumiço” de um caminhão de canos, o ex-prefeito Ezequiel Leite (PR), decidiu novamente se manifestar e foi ainda mais duro com a gestora da cidade: “o povo de Capela sabe quem é bandido e sabe quem é homem de bem. Lugar de bandido é na cadeia!”.

Capela II

Mais cedo, Ezequiel questionou a falta de ação da prefeitura que não noticiou a população sobre a falta de água nas torneiras que durou todo o final de semana e deixou os moradores aflitos, sem dignidade porque não podiam nem cozinhar. O ex-prefeito cobrou uma explicação da prefeita e do SAAE para a população.

Ezequiel Leite I

Diante do “ataque” de Silvany Sukita, Ezequiel foi incisivo. “Eu não entrei no camburão, eu não traí ninguém e estou com minha consciência tranquila. Não foi Ezequiel Leite quem roubou o povo de Capela! Respondo sim a vários processos movidos pela prefeita, e na maioria deles já fui absolvido por inconsistência de provas, por picuinhas e fábulas. Quem não trabalha, tem tempo de sobra para mentir”.

Ezequiel Leite II

Ezequiel concluiu dizendo que ele e seu filho são conhecidos pelo trabalho e que vão provar que são inocentes na Justiça. “Não é a mim que Silvany tem que desafiar, mas a própria consciência dela. Ela sabe quem não teve responsabilidade com a prefeitura, sabe quem roubou o dinheiro do povo de Capela e sabe quem está livre por conta de um habeas corpus”.

Ladrão, não!

“A pecha de bandido não combina com Ezequiel. Eu ando, tranquilamente, pelas ruas de Capela. As pessoas olham para mim e meus filhos e têm respeito. Uns me avaliam como um bom gestor; outros me veem como um homem duro; mas ninguém olha pra mim e me chama de ladrão, ninguém me viu algemado, entrando em um presídio. Eu tenho dignidade e orgulho da minha história”, concluiu o ex-prefeito.

TCE I

Termina nesta terça-feira (30), o prazo para que as unidades gestoras fiscalizadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) enviem a prestação de contas anual referente ao exercício 2018. De acordo com dados Diretoria de Modernização e Tecnologia (DMT), das 442 unidades sob a jurisdição da Corte, 356 já efetuaram o envio, o que representa mais de 80% do total.

TCE II

Até a tarde de segunda-feira (29), véspera do fim do prazo, o encaminhamento das contas havia sido efetuado por 329 das 363 unidades gestoras municipais, e por 27 das 79 unidades estaduais. Entre as 86 unidades que deixaram para o último dia, 34 são vinculadas a municípios e 52 ao Estado.

Ulices Andrade

O levantamento consta no Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres), que é o sistema de auditoria do TCE, por onde são enviadas as prestações de contas. “Esperamos que todos os jurisdicionados cumpram o prazo e façam sua parte para que o TCE logo tenha acesso a essas informações e possa verificar a regularidade do uso dos recursos públicos”, avalia o conselheiro-presidente, Ulices Andrade.

Lei Orgânica

Segundo a Lei Orgânica do Tribunal, a prestação de contas anual deve ser apresentada “até 30 de abril do ano subsequente ao exercício financeiro encerrado”, e nela devem ser incluídos “todos os recursos, orçamentários e extra-orçamentários, geridos ou não pela unidade ou entidade”.

Multa

Tal obrigação compete a todo administrador ou responsável por unidade ou entidade fiscalizada pelo TCE, que utilize, arrecade, guarde, gerencie ou administre dinheiros, bens e valores públicos ou pelos quais o Estado ou Município responda, ou que, em nome destes, assuma obrigações de natureza pecuniária. Ainda de acordo com a Lei Orgânica do órgão, o atraso ou inexatidão de informações na remessa de documentos de apresentação obrigatória ao Tribunal pode acarretar em multa de R$ 1mil a até R$ 50mil.

Fábio Henrique

Aproximadamente seis mil pescadores sergipanos ainda não receberam o Seguro Pesca. Por conta disso, o deputado Federal Fábio Henrique (PDT) promoveu uma reunião entre o superintendente do INSS em Sergipe – Raimundo Brito, a Federação de Pescadores em Sergipe e presidentes de nove colônias de pescadores. A reunião aconteceu na sede do INSS em Aracaju.

Seguro pesca

Fábio Henrique detalhou que a luta pela liberação do seguro pesca teve início em Brasília, em uma reunião com o diretor-presidente do INSS, Renato Vieira; e também no Ministério da Agricultura, onde foram recebidos pelo secretário Nacional de Pesca, Jorge Seif Júnior. “É preciso que resolvam as burocracias e efetuem o pagamento. Estamos nessa luta em defesa dos trabalhadores da pesca que são pessoas humildes e como, por lei, são inibidos de pescar no defeso, têm o direito de receber o seguro desemprego para a sobrevivência das suas famílias”, argumentou o deputado.

Raimundo Brito

O superintendente Raimundo Brito explicou que o entrave se deu por conta do processo de digitalização implantado no INSS. Isso gerou um atraso porque foi instalado um sistema, mas não deram as condições para que os órgãos pudessem atuar nas localidades por conta de um efetivo baixo de servidores e estrutura de internet lenta. “Além dos dados serem digitalizados, eles ainda passam pela avaliação técnica”, afirmou o superintendente.

André Moura

Os ex-deputados André Moura (PSC) e Jony Marcos (PRB) entregaram, junto com o prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo (PCdoB), quatro veículos aos Conselhos Tutelares, três deles adquiridos pelo mandato de André. Aproveitei e anunciei que o prefeito vai à Codevasf para assinar o convênio de R$ 3 milhões em pavimentação para o bairro Piabeta. Em breve retornarei aqui para, juntos, eu e o prefeito, assinarmos a ordem de serviço com a empresa contratada”.

Kitty Lima I

A deputada estadual Kitty Lima (REDE), em recente viagem ao Congresso Nacional, em Brasília (DF), conversou com parlamentares da bancada federal de Sergipe para pedir o engajamento deles à causa animal. Kitty Lima também exaltou a boa recepção que teve dos representantes da UNALE (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais) e foi recebida pelos deputados federais Fábio Mitidieri (PSD), Bosco Costa (PR) e Fábio Henrique, além dos senadores Rogério Carvalho (PT) e Alessandro Vieira, que já se comprometeram com a causa animal.

Kitty Lima II

A parlamentar enfatizou que esse tipo de discussão não tem lado político e que vai tentar agendar as visitas com outros parlamentares sergipanos. “Temos aqui uma Comissão de Direitos Humanos e fomos até BSB para entender como podemos trabalhar na nossa Comissão e aproveitamos a Unale para trocarmos experiências em busca de melhorias”. Por fim, Kitty Lima destacou o encontro com o deputado Fred Costa, que segundo ela é uma “referência nacional na causa animal” e que tem diversos projetos para o segmento. “Estou muito feliz porque nossas propostas foram levadas e bem aceitas pela nossa bancada federal”.

Zezinho Sobral I

Está sancionada a Lei que regulamenta a produção e a comercialização dos queijos artesanais (tradicional e inovação) em Sergipe. A solenidade de sanção aconteceu no município de Nossa Senhora da Glória, berço da bacia leiteira sergipana. De autoria conjunta do deputado estadual Zezinho Sobral (Pode), técnicos da Emdagro, Sebrae, da Universidade Federal de Sergipe (UFS), do Instituto Federal de Sergipe (IFS) e de queijeiros sergipanos, o texto detalha processos, técnicas, tipos de queijos e demais derivados do leite produzidos artesanalmente, além de estabelecer critérios que asseguram a qualidade e inocuidade dos produtos.

Zezinho Sobral II

“Este é um grande avanço para a pecuária e os pequenos produtores sergipanos. Conseguimos unir a experiência de outros estados e a capacidade técnica dos órgãos sergipanos para regulamentar as queijarias. A junção desses esforços foram traduzidos em 26 arquivos e dois anexos. A Lei vai além do queijo coalho, do requeijão, da manteiga de garrafa e do queijo de especiarias, ela envolve outras áreas, mas define o queijeiro artesanal. Ele é economicamente viável e abrange toda a bacia leiteira. Esta Lei é completa, atende aos anseios de produtores rurais sergipanos, especialmente daqueles que possuem a agropecuária e a atividade leiteira como fonte de produção e de sustento”, celebrou o deputado Zezinho Sobral.

Georgeo Passos I

O deputado estadual Georgeo Passos pediu mais segurança para a cidade de Ribeirópolis, mais precisamente nos povoados do município. O parlamentar relatou o sofrimento que a população tem passado com a crescente onda de violência na região. Segundo ele, nos últimos 20 dias, houve um aumento nos assaltos em povoados como Serra do Machado, Esteio e Serrinha.

Georgeo Passos II

“São vários casos que tem afetados trabalhadores e estudantes que estão perdendo seus bens quando retornam para casa. Isso está tirando o sossego de muita gente”, lamentou, acrescentando que “semana passada, funcionários da Fundação Pedro Paes Mendonça, que fica no Povoado Serra do Machado, foram assaltados quando iam trabalhar. Outro dia, foram estudantes que sofreram o assalto quando voltavam da aula. E sempre da mesma forma: meliantes jovens que utilizam motos para cometer crimes. É algo que tinha diminuído, mas que tem voltado a acontecer”, completou.

Samuel Carvalho I

O deputado estadual Samuel Carvalho (Cidadania 23) externou sua preocupação com os casos de automutilação, algo comum entre os jovens nos dias atuais. Segundo ele são mais de 14 milhões jovens se automutilando no Brasil e o governo federal instituiu uma lei, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), para que as escolas notifiquem os conselhos tutelares em casos de suspeita de ocorrências.

Samuel Carvalho II

O parlamentar lembrou que as mutilações aconteciam, geralmente, nos pulsos, nas coxas e nos braços, mas que agora os jovens estão partindo para outras áreas mais delicadas do corpo, como órgãos genitais, por exemplo. “É uma geração doente, que busca se mutilar para resolver seus problemas pessoais. Em cada rua do seu bairro tem uma pessoa nesta situação. Sergipe é um dos Estados onde, proporcionalmente, mais pessoas morrem vítimas do suicídio”.

Automutilação

Segundo o deputado, em alguns casos, as pessoas se automutilam porque estão depressivas e querem saber o que dói mais, o que machuca mais. O deputado disse que está apresentando um projeto de lei que dispõe sobre a notificação compulsória de casos de auto violência. “Muitas pessoas estão ingerindo chumbinho para morrer! Por problemas emocionais, sentimentais, por conta de relacionamentos familiares. Os valores a estão distorcidos e nossas famílias prejudicadas. Nossos lares precisam ser fortalecidos”.

Maria Mendonça I

Em aparte, a também deputada Maria Mendonça (PSDB) não só elogiou a iniciativa de Samuel Carvalho, como revelou que seus assessores já estavam estudando dados sobre esse tema e que ela realizaria uma audiência pública sobre o assunto. “É uma situação gravíssima e não tínhamos conhecimento do que acontecia em nossas escolas e no seio das nossas famílias”.

Maria Mendonça II

A deputada ainda acrescentou que requereu a presença da Secretária Nacional da Infância e Adolescência, que estaria em Sergipe e poderia participar do debate. “Ela estará acompanhando a ministra na quinta-feira (2), mas no dia seguinte tem um compromisso no Rio de Janeiro (RJ). Deixamos o evento para outra data oportuna. Queria ouvir dela de que forma o governo pode ajudar a diminuir esses índices preocupantes nos Estados”, disse, chamando os setores da mídia para assumirem uma parcela da responsabilidade em tratar dessa pauta com os adolescentes.

Falando nela

Maria Mendonça propôs, através de Indicação 175/2019, que o Governo do Estado adote as providências necessárias de modo a propiciar aos doadores de medula óssea a isenção do pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), no ano do procedimento cirúrgico. A propositura já tramita na Assembleia Legislativa e visa estimular os sergipanos a fazerem a doação de medula para que mais vidas sejam salvas.

Legislação vigente

“Com essa medida, poderemos estar salvando a vida de inúmeros sergipanos”, disse, observando que essa é uma iniciativa que perpassa a simples questão da renúncia de receita. “Estamos tratando de vida ou morte”, sentenciou. Autora do Projeto de Lei 79/2011, Maria lembrou que, a partir dessa sua iniciativa, o Estado já possui legislação que prevê a instituição da Semana de Conscientização do Doador de Medula Óssea, o que denota a necessidade de medidas capazes de ampliar o rol de doadores.

PSDB

Aproximar o PSDB do nordeste e debater o legado do partido. Esse é o objetivo da Caravana Juventude pelo Nordeste, que está percorrendo os nove estados da região entre os dias 28 de abril e 5 de maio. O presidente da Juventude do PSDB, Marcos Saraiva, e a vice-presidente, Julia Jereissati, lideram a série de visitas e irão discutir, em cada parada, políticas públicas e como o partido deve se organizar pensando no futuro. Aracaju recebeu a Caravana nessa segunda-feira (29).

Fábio Reis I

O deputado federal Fábio Reis (MDB/SE) foi conduzido à presidência do partido no Estado. A eleição, construída por meio de diálogos internos com filiados do partido, é resultado da proposta defendida pelo parlamentar de oxigenar e modernizar a sigla, buscando novos filiados e o seu fortalecimento, visando as eleições municipais de 2020. Na ocasião, diversas autoridades do interior e da capital estiveram presentes.

Fábio Reis II

Para Fábio Reis, o momento é de construção e fortalecimento do MDB. “Temos 75 municípios e o nosso objetivo é estar presente em todos eles, com nomes qualificados e dispostos a colaborar com suas cidades na construção de um projeto coletivo e que atenda às demandas da população”, afirmou o novo presidente da sigla. Ainda de acordo com Reis, somente por meio de uma atuação séria, responsável e transparente, será possível ajudar Sergipe e o Brasil a saírem da crise moral, econômica e social que o País enfrenta.

Alessandro Vieira I

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) realizou uma live em suas redes sociais e foi bastante questionado sobre seu posicionamento com relação à Reforma da Previdência. O senador Alessandro afirmou que existe necessidade de uma reforma na Previdência porque o sistema não se sustenta financeiramente, mas avaliou que a proposta apresentada pelo governo federal tem problemas sérios.

Alessandro Vieira II

“Os números não são claros. Nós tivemos a informação que um dos pontos mais polêmicos, que é o sistema de capitalização, não tem cálculo prévio, ou seja, eles não sabem qual é o custo, qual é a demanda, qual vai ser a economia. Nós não podemos transformar a reforma da previdência em um pacote de boas intenções e jogar ao Deus dará, tentando apenas motivar o mercado”, pontuou Alessandro.

Equipe técnica

O senador sergipano informou que montou uma equipe técnica, em parceria com o Movimento Acredito e os deputados federais Tábata Amaral (PDT-SP) e Felipe Rigoni (PSB-ES), para estudar a proposta de forma aprofundada e construir emendas para tentar corrigir, já na Câmara dos Deputados, vários problemas, como a questão da aposentadoria rural, do benefício de prestação continuada e a questão dos professores.

 Reforma negociada

“A reforma da previdência precisa ser conversada, negociada, bem comunicada para o cidadão, e principalmente, o governo tem que responder qual é o tamanho exato da necessidade. Eu não posso trabalhar com números mágicos porque eu quero motivar investidores estrangeiros”, enfatizou Alessandro.

FAMES

Reunidos na Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (FAMES), prefeitos consorciados ao Consórcio Intermunicipal do Vale do São Francisco (CONIVALES) levaram a parlamentares federais de Sergipe a preocupação deles com o contingenciamento de uma emenda coletiva no valor de R$ 20 milhões para implantação do Centro de Diagnóstico Conivales. Segundo o presidente do Consórcio, Franklin Freire, no último dia 19, a bancada federal contingenciou a emenda, inviabilizando a implantação do Centro, que beneficiaria todos os municípios do interior de Sergipe.

São Cristóvão I

O prefeito de São Cristóvão dá continuidade a entrega de reformas nas escolas. Nesta terça-feira (30), ele entrega a readequação da Escola Martinho de Oliveira Bravo, no Rosa Elze, beneficiando 401 alunos. Aos poucos, a rede municipal da primeira capital de Sergipe vai melhorando.

São Cristóvão II

Primeiro prefeito a sancionar lei que estabelece políticas públicas para pessoas com autismo, Marcos Santana, gestor de São Cristóvão, participou da sanção da lei estadual que obriga os órgãos públicos e privados a dar preferência no atendimento à pessoa com Transtorno do Espectro Autista – TEA. “Me emociona participar dessa sanção porque sei da importância da inclusão para famílias e pacientes do TEA. Parabéns ao deputado Luciano Pimentel e ao governador pela sensibilidade”.

Prêmio Sebrae

São Cristóvão está entre os 15 municípios sergipanos que concorrem ao prêmio do Sebrae ‘Prefeito Empreendedor’. O resultado final será divulgado dia 6 de maio, às 09 horas na sede do Sebrae. O Prêmio é voltado aos prefeitos e administradores regionais que implantaram projetos com resultados comprovados com foco no desenvolvimento dos pequenos negócios do município.

Patrocínio renovado I

Na última sexta-feira (26), a empresa ENERGISA e a Orquestra Jovem de Sergipe realizaram um ato simbólico de renovação do patrocínio para o projeto. O evento aconteceu na Escola Municipal de Ensino Fundamental Papa João Paulo II, no bairro Santa Maria. Com uma breve apresentação da Orquestra e do Coral, o termo de compromisso foi assinado na presença dos alunos, dos pais e responsáveis.

Patrocínio renovado II

O maestro Márcio Bonifácio destacou como seria importante que existissem outras ‘energias’ para fortalecer cada vez mais a iniciativa. “Alcançar mais bairros e o interior do estado, abraçando ainda mais crianças, adolescentes e jovens é o nosso desejo para essa orquestra”, destacou o maestro.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

Deixe seu comentário...