Os brutamontes do Prefeito

Um exemplo disso foi a forma truculenta como guardas municipais trataram um indefeso cidadão.

POLÍTICA E COTIDIANO – ADIBERTO DE SOUZA – O discurso do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) em defesa da mobilidade urbana de Aracaju não passa de conversa mole, demagogia barata. Um exemplo disso foi a forma truculenta como guardas municipais trataram um indefeso cidadão, que apenas cobrava transporte público de qualidade, o direito à locomoção. Deficiente, o rapaz exigia, pacificamente, que os coletivos tivessem rampas para cadeirantes. Ou seja, estava exercendo o direito constitucional de protestar. Mesmo sem causar qualquer prejuízo material à empresa, o moço foi algemado pelos brutamontes do prefeito e jogado na mala de um carro, como se fosse um objeto sem valor, descartável. Diante de tamanho desrespeito à cidadania, Edvaldo deve jogar na lata do lixo seu falso discurso de mobilidade urbana. Ora, os ignorantes guardas penderam quem cobrava exatamente essa tão prometida mobilidade. Ademais, a Prefeitura precisa explicar aos contribuintes porque a Guarda Municipal estava protegendo, com unhas e dentes, um patrimônio particular. Misericórdia!

Desarme-se!

O funesto decreto do capitão de pijama liberando o uso de armas de fogo por gatos e cachorros está com os dias contatos. Ontem, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado se posicionou contra a flexibilização da posse de armas. Contrário ao decreto de Bolsonaro (PSL), o senador Rogério Carvalho (PT) lembrou que 71% do total de homicídios no país são cometidos com armas de fogo. Segundo o petista, o aumento de 1% em trabucos eleva para 2% a taxa de homicídio. Crendeuspai!

Alvo errado

Eleito pelos aracajuanos, o vereador Pastor Alves (PRB) prefere criticar a Prefeitura de Socorro. Segundo ele, Padre Inaldo (PCdoB) pode entrar para a história como o pior prefeito da história daquele município. Como se fosse um vereador socorrense, o reverendo gastou um tempão na Câmara de Aracaju enumerando os problemas enfrentados pela população de Socorro. Pelo visto, qualquer dia desses o pastor muda o domicílio eleitoral. Homem, vôte!

JB de luto

O ex-governador Jackson Barreto (MDB) está de luto pela morte de dona Janoca Barreto de Lima, carinhosamente chamada pela família de “tia Noca”. Residente em Santa Rosa de Lima, onde foi sepultada ontem, ela tinha 99 anos completados em fevereiro passado. O aniversário de “tia Noca” foi muito comemorado por Jackson: “O melhor da festa foi a celebração da Santa Missa, pois para comemorar 99 anos é, verdadeiramente, uma obra de Deus”, escreveu JB.

Santo de casa

A Câmara de Vereadores de Simão Dias homenageou o governador Belivaldo Chagas (PSD) com a Medalha de Honra ao Mérito Barão de Santa Rosa. Realizada ontem, a homenagem ao filho ilustre fez parte das comemorações pelos 129 anos de emancipação política do município: “Tamanha honraria me estimula a aumentar, ainda mais, meu compromisso com Simão Dias”, discursou Chagas. Desde que assumiu o governo, Belivaldo já investiu cerca de R$ 20 milhões na terra onde nasceu. Ah, bom!

Medo dos deputados

Alguns secretários estaduais ficam cheios de dedos quando são convidados a falar na Assembleia sobre as ações de suas pastas. E por que isso acontece? Na opinião do deputado Georgeo Passos (Cidadania), os secretários parecem ter medo de ir ao Legislativo prestar informações e debater com os parlamentares nas comissões específicas. Homem, será?

Vida de gado

Amanhã é o Dia Mundial Contra Exportação de Gado Vivo. Em Sergipe, a data será lembrada, nesta quinta-feira, numa audiência pública marcada para a Assembleia Legislativa. O Brasil exporta milhares de bovinos vivos para abate no Oriente Médio, em viagens de semanas, condições muitíssimo precárias e alta densidade de lotação. Quando morrem durante o trajeto, os bois são lançados ao mar, assim como as toneladas de dejetos produzidos na viagem. Só Jesus na causa!

Ganha, mas não leva

A Lei que alterou o cálculo para a cobrança do IPTU em Aracaju é inconstitucional. Sancionada em 2015, esta legislação permitiu que o então prefeito João Alves Filho (DEM) reajustasse o tributo em 30%. Diante da decisão do Tribunal de Justiça, o contribuinte deve achar que terá de volta já agora o que pagou a mais, certo? Errado. Essa hipótese de reaver o que a Prefeitura embolsou, só a partir do trânsito em julgado da Ação Direta de Inconstitucionalidade e isso levará um bom tempo. Marminino!

Todos à greve geral

Quer um exemplo de como a funesta reforma da Previdência só interessa aos bancos e aos patrões? A Associação Comercial de Sergipe informou ser contra a greve geral contra a tal reforma. É bom a classe trabalhadora pressionar os senadores e deputados federais para votarem contra este crime de lesa-pátria. Esta reforma da Previdência em tramitação no Congresso visa tirar dos mais pobres e dar aos mais ricos, garantindo uma maior concentração de riqueza nas mãos do 1% parasita. Danôsse!

Viva o casamenteiro

Os católicos comemoram neste 13 de junho, Santo Antônio. Reza a lenda que ele dá uma forcinha na união de pessoas a partir de simpatias e de uma devoção muito presente. Santo Antônio de Pádua, na verdade, nasceu com o nome de Fernando. Tornou-se Franciscano e pregou em Portugal, na Itália e na França, tendo morrido em 13 de junho de 1231. Além de casamenteiro, Santo Antônio também é considerado padroeiro de pescadores, grávidas, marinheiros, viajantes, agricultores, idosos, etcétera e tal.

Recorte de jornal

Publicado no jornal propriaense A Defesa, em 10 de novembro de 1945

Resumo dos jornais

 

Deixe seu comentário...