Outono pode aumentar em 43% as doenças respiratórias em crianças

Cuidados no outono com a saúde das crianças.

SERGIPE – O verão entra em sua reta final e, em breve, dá lugar ao outono, estação que traz temperaturas mais baixas e particularidades que tendem a afetar a saúde de organismos mais frágeis, como os das crianças. Mas, afinal, como é possível já tomar algumas precauções ainda durante o verão e preparar os pequenos e pequenas contra as doenças de outono e inverno?

Dados divulgados no site da Sociedade Brasileira de Pediatria com base em um estudo da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia, realizado com 161 crianças matriculadas em escolas de educação infantil, mostrou que 43% dos alunos passaram a apresentar ao menos um vírus de doença respiratória presente em seus organismos neste período do ano. A análise foi realizada utilizando amostras de muco da garganta dos alunos.

Cuidados no outono com a saúde das crianças

Mas, afinal, o que é possível fazer para que as crianças fiquem mais protegidas contra os efeitos da mudança climática, reduzindo a possibilidade do surgimento das doenças? Algumas dicas podem ajudar – e muito!

Mantenha as crianças vestidas adequadamente

Seja para a escola ou para o lazer, vista as crianças de maneira adequada. Botas infantis ou outros calçados fechados impermeáveis são ideais para dias de chuva, evitando que o pé da criança fique úmido. Lojas virtuais especializadas (como a infantil Pampili) oferecem variados modelos para diversas ocasiões. Casacos, calças e blusas devem ser confortáveis termicamente, deixando o corpo da criança aquecido na medida certa.

Respeite o repouso das crianças

Se o seu filho pegar um resfriado ou gripe, não force a ida à escola. Além da possibilidade de transmissão para outros colegas, é necessário que o organismo tenha repouso para ficar mais forte e resistente.

Atenção redobrada à limpeza

Tapetes, cortinas, almofadas, bichos de pelúcia, e outros itens que possam acumular poeira, devem ser preferencialmente retirados do quarto das crianças nesse período. Aspirador de pó e pano úmido são os melhores amigos da limpeza diária dos cômodos por onde as crianças circulam na casa.

Umidifique o ambiente

O uso de umidificadores ou até de bacias com água em alguns pontos da casa – como em cima de armários – ajuda a melhorar a “secura” comum nesse período do ano, e que pode agravar as doenças respiratórias. Lavar o nariz da criança com soro fisiológico também é uma dica importante.

Suporte e amor são excelentes remédios

Ser mãe não é tarefa simples, e envolve complexidade de sentimentos e de atividades diárias, sabemos bem como é (nesse texto, Talita Rodrigues do blog Só Melhora descreve de forma poética todo o sentimento por trás depois da maternidade), a mágica e a preocupação andam juntos. Quando a criança adoece o acolhimento essencial é natural e faz parte do processo de cura, e muitas vezes a paciência é o melhor remédio. Eles costumam ficar mais manhosos, mais sensíveis, mas nada que um colo de mãe não resolva da melhor maneira.

Por Aline Matos
FOTO: Assessoria

Deixe seu comentário...