PC prende traficante de drogas com arma roubada de um policial federal

A mulher do suspeito não foi encontrada, mas deve ser indiciada por 2 crimes.

BOQUIM/SE – Uma operação da conjunta das Delegacias de Boquim e Itabaianinha na tarde desta sexta-feira, 1º de março, prendeu em flagrante o ex-presidiário Cícero Romão Batista Filho, conhecido como “Batata”, pelo crime de tráfico de entorpecentes e porte ilegal de arma de fogo. A prisão ocorreu a partir de denúncias da população que informou à polícia que Batata havia sido libertado do presídio e tinha voltado a comandar um ponto de venda de drogas em Boquim.

De acordo com o delegado Marcelo Hercos, foi montado campana por vários dias nas proximidades da residência do suspeito a fim de comprovar as informações. Os policiais constataram a denúncia e descobriram que o “negócio” era coordenado por Batata, mas era gerenciado pela esposa Cátia.

Os policiais invadiram o local e flagraram Batata vendendo entorpecentes na residência, porém Catia não mais se encontrava no local, fato que não impedirá dela ser indiciada pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Com Batata foram apreendidos uma pistola calibre 9 mm, roubada de um policial federal, cerca de 100 gramas de cocaína, 25 gramas de crack e outra quantidade de maconha, além de cédulas de alto e baixo valor.

Também foram apreendidos cadernos com anotações do comércio de entorpecentes. Batata foi autuado em flagrante por três crimes: tráfico e associação para o tráfico de entorpecentes e porte ilegal de arma de fogo. “Batata já é um conhecido criminoso da Polícia Civil de Boquim, tendo várias passagens pelo sistema prisional pelo crime de tráfico e homicídio, agora vai retornar novamente ao sistema”, destacou o delegado.

FONTE & FOTO: SSP/SE

 

Deixe seu comentário...