População negra sergipana faz protesto pelo fim das mortes do povo negro

Violência que tem tido como principal vítima a juventude negra.

ARACAJU/SE – Diariamente os noticiários publicam as mortes de jovens, crianças e famílias negras, vítimas de um sistema que ainda tem como justificativa a “bala perdida”, mesmo quando essa bala coincidentemente só encontra corpos negros. O fenômeno do genocídio da população negra tem acontecido em todo o país, revelando a face mais nefasta da nossa sociedade, que é o racismo escancarado e ainda tão latente.

Sergipe vem liderando o ranking dos estados com maior taxa de homicídios, com 64,7% , segundo o Atlas da Violência, de 2018. Violência que tem tido como principal vítima a juventude negra. Diante de centenas de casos que vem assombrando a população negra sergipana, os movimentos sociais e demais cidadãos sairão às ruas  para exigir o fim do extermínio do povo negro.

O Protesto contra o Genocídio do Povo Negro, acontecerá quarta-feira, 17, às 08h, na Praça Tobias Barreto, em frente a Secreteria de Segurança Pública.

FONTE & FOTO: Assessoria

 

Deixe seu comentário...