Presidente da Alese comemora parceria com PPP para administrar Ceasa

Luciano Bispo afirmou que vinha sonhando com a construção da Ceasa há mais de 10 anos

Ao longo da trajetória política do presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) e deputado estadual, Luciano Bispo (MDB), um dos principais projetos da vida pública foi construção da Central de Abastecimento de Itabaiana (Ceasa), que se tornou realidade. Hoje, após anúncio do governador Belivaldo Chagas, em que o centro comercial passará a ser administrado por meio de Parcerias Público-Privadas (PPPs) para garantir mais investimentos e melhorias, o parlamentar comemorou esse avanço. A obra do município do Agreste sergipano deverá ser entregue ainda neste primeiro semestre.

Luciano Bispo afirmou que vinha sonhando com a construção da Ceasa há mais de 10 anos. Para o deputado, o povo de Itabaiana tem um perfil agrícola e essa obra vai contribuir com o desenvolvimento de toda a região.

“Sempre sonhei com minha cidade próspera, desenvolvida a altura da grandeza do nosso povo. Fui prefeito de Itabaiana por quatro mandatos, e em minha primeira gestão, idealizei e construí o Mercadão Hortifrutigranjeiro, que ao longo dos anos se transformou no maior ponto de carga e descarga de frutas, verduras, legumes e hortaliças do interior do estado”, lembrou o presidente da casa legislativa.

O parlamentar recordou ainda que, na época, os negócios foram se avolumando e o local ficando pequeno para a capacidade de trabalho do nosso povo. “Hoje me emociono ao ver o nosso CEASA uma realidade”, disse o presidente, ressaltando que essa luta começou ainda no governo de Marcelo Déda.

Ceasa de Itabaiana

A nova Central de Abastecimento de Itabaiana vai trazer uma nova forma de dinamizar a economia da região. Com o novo Ceasa, os feirantes e clientes vão poder desfrutar de um espaço amplo e moderno para organizar os produtos e abastecer as feiras dos povoados e municípios próximos. A obra tem investimento de pouco mais de R$ 30 milhões. A nova Ceasa contará com três blocos, além de praça de alimentação, estacionamento com área de carga e descarga, guaritas, casas de lixo e gás, reservatório e castelo d’água. Serão 213 boxes ao todo, com previsão de funcionamento de dois bancos e restaurante.

Por Kelly Monique Oliveira – Rede Alese / Com informações ASN

Foto: Divulgação

Deixe seu comentário...