Setor do “COORDOP” do 8º BPM” é insalubre, afirma presidente da AMESE Sargento Vieira

É possível verificar a existência de ar-condicionado danificado onde o mesmo está conectado a um emaranhado de fios que pode ocasionar um curto circuito e fiação elétrica exposta.

Compartilhe...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Print this page
Print

SERGIPE – A ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES DO ESTADO DE SERGIPE – AMESE lamenta as péssimas condições de trabalho em que se encontra a coordenação de operação policial – COORDOP do 8º BPM, localizado no parque da cidade na entrada do zoológico em Aracaju.

Nas fotografias é possível verificar a existência de ar-condicionado danificado onde o mesmo está conectado a um emaranhado de fios que pode ocasionar um curto circuito e fiação elétrica exposta.

Para o presidente da AMESE, sargento Jorge Vieira, “é lamentável o Governo do Estado de Sergipe deixar uma unidade de polícia chegar a esse estado. É vergonhoso. Não há condições dignas para o policial militar trabalhar nem para a população ser atendida. Quero saber se um gestor do poder executivo aceitaria ou suportaria trabalhar nessa unidade e se deparar com essa situação caótica de desrespeito profissional. Estaremos levando o fato ao conhecimento ao comanda da Polícia Militar Marcony Cabral, para que dê solução a esse problema”.



Texto ampliado às 12h25 e alterado às 12h25 para corrigir informação.

Fonte & foto – AMESE

Deixe seu comentário...