Senador Rogério Carvalho ironiza e pede perdão “pelos avanços sociais”

Peço perdão pelo Minha Casa, Minha Vida. Peço perdão pelo Universidade para Todos.

SERGIPE – O senador Rogério Carvalho (PT) afirmou na manhã desta segunda-feira (11) que o Partido dos Trabalhadores não tem motivos para “pedir perdão” para a população brasileira e ironizou quando pediu perdão pelos avanços, que segundo ele, foram conquistados através dos governos de Dilma Roussef  e Luiz Inácio Lula da Silva. “Peço perdão pelo Minha Casa, Minha Vida. Peço perdão pelo Universidade para Todos, pelo Bolsa Família e pelos avanços sociais que alcançamos. Na verdade, peço perdão pela ignorância daqueles que não querem enxergar os avanços da era Lula”.

A afirmação feita pelo senador, durante entrevista aos radialistas Carlos Ferreira e Eduardo Carvalho, no jornal da Xodó, quando ele aproveitou para esclarecer sobre o seu voto para escolha do presidente da Mesa do Senado, realizado na semana passada.

Rogério negou que tenha votado e defendido Renan Calheiros e afirmou que “não votei e nem defendi Renan. Eu votei no senador baiano que aliás teve cinco votos”, disse o senador informando porque defendeu o voto secreto. “A legislatura só começa com a eleição da mesa diretora. Defendo que a eleições para qualquer cargo sejam secretas, algo historicamente conquistado. Essa história de que o voto aberto seria para haver mais transparência, é demagogia, isso só favorecia o governo”, afirmou.

Ao ser questionado sobre as escolhas feitas pelo presidente para os ministério, Rogério disse que ainda é cedo para se fazer uma avaliação. Sobre o ministro Sérgio Mouro, o senador disse que “é preciso que ele amplie a sua atuação, mas até o momento as ações por ele desenvolvida têm sido uma continuidade da sua atuação enquanto juiz. Quando eu quero combater a corrupção eu torno o assunto público. No geral, as propostas são pouco efetivas. Não se combate a violência e a criminalidade apenas com punição, tendo em vista que as nossas leis já são punitivas e severas”, afirmou.

Com informações e foto do jornal da Xodó

Deixe seu comentário...