Sergipanas já estão sendo atendidas pela Carreta da Mulher

A Unidade Móvel está localizada no estacionamento do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher.

SERGIPE – Na manhã desta sexta-feira, 5, a Carreta da Mulher, entregue à Secretaria de Estado da Saúde (SES) na última quarta-feira, 3, deu início aos atendimentos para a realização de exames.  A Unidade Móvel está localizada no estacionamento do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Caism) e serão ofertados, diariamente, cerca de 40 procedimentos entre mamografias e ultrassonografias, das 7h às 17h.

Aguardando sua vez, Maria da Conceição dos Santos, 59 anos, moradora do bairro Mosqueiro, em Aracaju, contou que há muito tempo frequenta o Caism e sempre foi muito bem atendida. “Aqui é uma benção, uma referência muito boa e atende muitas pessoas, é uma coisa maravilhosa. Quando eu vi essa Carreta pensei: mais uma benção a gente vai ter, vou lá fazer a minha mamografia. Agradeci muito que o governador prometeu e cumpriu a promessa”, comentou Maria da Conceição.

De acordo com a coordenadora de Atenção Ambulatorial Especializada, Luciana Alves, neste primeiro momento a Carreta ainda não cumprirá sua missão como itinerante devido a alguns ajustes necessários para que tenha autonomia de funcionamento, como ter seus próprios insumos, acessórios e equipe de profissionais.

“Pensando em dar uma resposta rápida à sociedade funcionaremos nas instalações do Caism atendendo a demanda referenciada desse serviço de atenção secundária ofertando mamografias e ultrassonografias, neste momento, com toda equipe de profissionais Caism e sua estrutura. Esse é um momento de grande relevância para a sociedade sergipana. Parabéns ao governador, ao secretário de Saúde do Estado e a todos nós envolvidos nesse grande projeto”, disse Luciana.

A diretora do Caism, Débora Passos, explicou que as mulheres com idade acima de 50 anos, não precisam agendar, basta comparecer à Carreta com seu cartão SUS, RG e comprovante de endereço. Para mulheres com idade inferior a 50 anos é necessário apresentar o pedido médico, além dos documentos.

“É de extrema importância e agradeço bastante ao governo do estado por essa aquisição da Carreta da Mulher, que chega aqui ao Caism como um suporte aos serviços de mamografia e ultrassonografias, da tireoide, abdominal total, transvaginal, e da mama. Para as ultrassonografias a paciente precisa ser encaminhada, já a mamografia é feita de livre demanda”, explicou Débora.

Viviane Alves Bispo, 37 anos, moradora do município de São Cristóvão é uma paciente oncológica e estava torcendo pela chegada da Carreta. “Eu sou uma paciente oncológica, já estou mastectomizada, e graças a Deus conseguimos. Foi muita coincidência porque nessa semana mesmo eu precisava fazer o exame e hoje estou aqui. Acabei de chegar e já fui atendida. Essa carreta é dez, tudo ótimo”, comemorou.

Já Neoscice Santos, 62 anos, moradora de Aracaju, que teve câncer na mama há 16 anos diz: “Fiz quimioterapia, cirurgia, em 2017 tirei um ovário, e agora estou aqui para rotina. A estrutura da Carreta é ótima e eu gostaria de dizer às mulheres que venham fazer e que não tenham medo”, incentivou.

ASCOM SES

FOTO: Flávia Pacheco

 

Deixe seu comentário...