SINTESE busca apoio de deputados para cumprimento de lei

São praticamente cinco anos sem que o magistério tenha garantido reajuste na carreira.

SERGIPE – Além reivindicar a regulamentação, autonomia e a liberdade sindical representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe (SINTESE) buscam apoio dos deputados estaduais para intermediar, junto ao Governo do Estado, para que o gestor estadual cumpra a lei do piso e aplique o reajuste de 4,17% em todos os vencimentos iniciais e apresente um plano de recuperação da carreira do magistério.

De acordo com a presidente do SINTESE, Ivonete Cruz, são praticamente cinco anos sem que o magistério tenha garantido reajuste na carreira. “Isso ao longo dos anos causou destruição da carreira. Ano passado, o governador Belivaldo apresentou uma proposta que retomou a nossa carreira de 6% a 15%. E esse ano, se ele não garantir a carreira para todos, os professores que tiveram no ano passado perdem esse ano”, explicou a sindicalista que o piso deveria estar sendo pago desde janeiro.

“Esperamos que o governador se reúna com a categoria no mês de março para dizer quando vai começar a pagar o piso, que pela lei deveria está sendo pago desde janeiro”, destacou.

Por Kelly Monique Oliveira

FOTO: Jadilson Simões

 

Deixe seu comentário...