SMAS promove reunião para elaboração do planejamento estratégico para os próximos dois anos

Planejar é um ato fundamental para uma gestão equilibrada e visionária.

Planejar é um ato fundamental para uma gestão equilibrada e visionária. Pensando por esse viés, a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Smas), reuniu coordenadores e técnicos da pasta para elaborar o planejamento estratégico de ações da Secretaria para os próximos dois anos. O encontro foi realizado na manhã desta terça-feira, 18, na Praça da Cultura Cantor Pedro Rogério, no conjunto Marcos Freire I.

A reunião foi dividida em dois dias, onde o primeiro resumiu-se na construção da missão, valores e visão de futuro que funcionarão como ponto de norteamento para os próximos dois anos de gestão, já no segundo encontro será construído o planejamento anual. Durante o primeiro encontro os profissionais participaram efetivamente da construção do planejamento estratégico, por meio de oficinas.

Presidindo o encontro a assessora de planejamento da Semas, Michelle Marry, explica a importância do encontro para a continuidade e implantação de novas ações em benefício da população socorrense. “Nós vamos construir um diagnóstico de como estamos e onde nós queremos chegar, então a ideia é que todos os equipamentos estejam bem claros para que sejamos referência na prestação de serviço e possamos construir a nossa identidade organizacional. Norteando essas ações conseguiremos avançar na política de assistência para que tenha uma maior prestação de serviço aos nossos usuários”, explicou a assessora de planejamento da Semas, Michelle Marry.

Há três meses como presidente do Conselho Municipal dos Direitos dos Idosos (CMDI), Elisângela Moura tem consciência da importância da reunião e acredita que inéditas decisões em prol dos idosos do município serão tomadas durante a gestão. “Esse momento é importante porque serve para orientar as ações que a Assistência Social vai fazer porque ela é co-responsável pela atuação do Conselho do Idoso, então nada mais justo do que entender quais são as perspectivas que a Secretaria possui. Apesar de pouco tempo à frente do Conselho já detectamos que existem coisas que precisam ser melhoradas e criadas, mas já que estamos trabalhando para no próximo ano adotar novas políticas públicas”, declarou.

FONTE & FOTO: Assessoria

Deixe seu comentário...