STJ certifica trânsito em Julgado e Valmir Monteiro perde mandato

O processo de improbidade administrativa, obteve decisão definitiva da ação e trânsito em Julgado.

LAGARTO/SE – O processo de Improbidade Administrativa contra o prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro, que se encontra preso desde o dia 22 de fevereiro, por suposto de desvio de dinheiro público, já foi transitado em julgado.

O processo de improbidade administrativa, obteve decisão definitiva da ação e trânsito em Julgado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

As informações são de que a Comarca de Lagarto recebeu a decisão nesta segunda-feira (01/04) e deve encaminhar para Juiz local que deverá dar cumprimento à cassação do Mandato de Valmir Monteiro.

Com isso, Hilda Ribeiro, esposa do deputado federal Gustinho Ribeiro pode assumir em definitivo o cargo de prefeita ou juiz poderá cassar toda a chapa e convocar novas eleições.

Segundo informações passadas pela assessoria do prefeito afastado, Valmir Monteiro,  houve um equívoco da ministra no STJ ao determinar o trânsito, pois ainda há recurso extraordinário protocolado na origem, que obriga o envio do processo ao STF para julgamento.

 

Deixe seu comentário...