Suspeito por tráfico de drogas morre em confronto em São Cristóvão

A cadela Perla da CORE encontrou drogas escondidas na casa do suspeito no Alto da Divinéia, em São Cristóvão.

Compartilhe...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Print this page
Print

SÃO CRISTÓVÃO/SE – Uma operação conjunta da Polícia Militar e o Canil da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) da Polícia Civil foi realizada nesta quarta-feira (12) para apurar denúncias de tráfico de entorpecentes em uma localidade conhecida como Alto da Divinéia, em São Cristóvão. Durante a ação, o suspeito conhecido como “Tambaqui”  entrou em confronto com os policiais e foi alvejado, vindo a óbito no hospital.

Segundo informações da equipe, a cadela Perla, que pertence a CORE, conseguiu localizar na residência do suspeito, 60 trouxas de maconha prontas para comercialização e 325 gramas da mesma droga em tablet.  As drogas estavam na parte de baixo do sofá e dentro de uma caixa de som. Com o suspeito também foi apreendido uma arma de fogo.

Ação preventiva na Rodoviária

Já na manhã desta quinta-feira, 13, a equipe da CORE ainda desenvolveu atividade com os cães farejadores no Terminal Rodoviário Governador Rollemberg Leite, em Aracaju, para treinar os condutores que fazem parte do quadro da segurança pública de Sergipe. “Durante o treinamento foram realizados buscas nos ônibus interestaduais e  intermunicipais, mas nada foi encontrado. Mas vale ressaltar que o treinamento tem todo um caráter ostensivo ao combate do tráfico de drogas em Sergipe”, explicou o agente Silfarney.

Informações & foto: SSP/SE

Deixe seu comentário...