TRT20: 106 lotes serão leiloados nesta quinta-feira no 31° Leilão Unificado

O valor arrecadado com a venda dos bens, conforme explica o Juiz Auxiliar de Execuções da Justiça do Trabalho.

ARACAJU/SE – O Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (TRT20) realiza nesta quinta-feira, 5/12, o 31º Leilão Unificado (último do ano) com 106 lotes penhorados em diversos processos das Varas do Trabalho deste Tribunal. Os valores dos bens variam entre R$200 a R$1 milhão e incluem automóveis (carros; caminhões; ônibus), terrenos, imóveis, sapatos, aparelhos de ar-condicionado, entre outros. O leilão acontece no auditório do TRT (prédio amarelo, térreo), em Aracaju, situado à Av. Carlos Rodrigues da Cruz, s/n°, Centro Administrativo Gov. Augusto Franco, Bairro Capucho.

O valor arrecadado com a venda dos bens, conforme explica o Juiz Auxiliar de Execuções da Justiça do Trabalho, Carlos João de Góis Júnior, é usado para efetuar o pagamento de execuções trabalhistas.

A arrematação ocorrerá na forma presencial e eletrônica. Para o caso de participação do leilão na modalidade presencial, o interessado deve fazer o cadastro no dia e local da realização do evento, devendo apresentar a Carteira de Identidade e CPF ou procuração.

Já para aquele que deseja dar seu lance via internet, pode cadastrar-se previamente, e de forma gratuita, no site www.lancese.com.br. A antecedência mínima exigida é de 24 horas da data do evento. Neste caso, o interessado é responsável civil e criminalmente pelas informações lançadas no preenchimento do cadastro, no qual ele insere seus dados pessoais e aceita as condições de participação previstas neste Edital e no Termo de Compromisso constante do sítio eletrônico.

Para que seja confirmado o cadastro pela internet, é obrigatório enviar os documentos exigidos para o e-mail contato@lancese.com.br, do leiloeiro oficial, Valério César de Azevedo Déda. Se pessoa física, são necessários o envio da Carteira de Identidade, CPF e comprovante de residência; se pessoa jurídica: CNPJ, contrato social (até a última alteração) ou Declaração de Firma Individual, RG e CPF do representante legal ou do preposto da pessoa jurídica respectiva.

Condições dos bens

O Juiz Auxiliar de Execuções da Justiça do Trabalho, Carlos João de Góis Júnior, ressalta a importância das pessoas interessadas em comprar os bens penhorados, conferirem o edital do leilão, para que, dessa forma, estejam cientes do estado e condições do bem adquirido.

Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região

Deixe seu comentário...