Último Almoço Somese do ano destaca Medicina e Arte

O presidente da Somese, Dr. José Aderval Aragão, agradeceu os colegas que prestigiaram o almoço.

Compartilhe...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Print this page
Print

SERGIPE – Muita música, poesia, descontração e espírito natalino marcaram o último Almoço Somese dessa quinta-feira, 12, que destacou o tema “Medicina e Arte”, na sede da Sociedade Médica de Sergipe (Somese). O presidente da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores (Sobrames/Se), Dr. Lúcio Prado Dias, foi quem coordenou o almoço da semana e preparou uma programação especial.

O presidente da Somese, Dr. José Aderval Aragão, agradeceu os colegas que prestigiaram o almoço durante todo o ano e que participaram dos debates. “Sinto-me muito honrado por representar a Sociedade Médica de Sergipe e por nesses cinco anos estar à frente da Instituição e ter tido o apoio incondicional dos diversos amigos”, agradeceu Dr. Aderval.

Para o presidente da Sobrames, Dr. Lúcio Prado, o almoço foi um momento lindo de descontração, e na oportunidade, a Somese fecha o ano com essa participação da Sobrames. “Pudemos acompanhar os talentos dos poetas, escritores e artistas nesse último almoço do ano”, destacou Dr. Lúcio.

Segundo o ex-presidente da Somese, Dr. William Soares, o almoço foi uma ideia criada em sua gestão e que ficou marcada no calendário da Instituição. “Esse é um momento de encontro, de troca de ideias, de fortalecimento das amizades e de grande importância para os médicos do Estado”, comentou Dr. William.

A presidente da Academia Sergipana de Cordel, Izabel Nascimento, veio representando seu pai, Pedro Amaro do Nascimento, cordelista que há mais de 50 anos vive em Sergipe e se dedica à poesia e a todo movimento da literatura de cordel do Estado. “Representar meu pai nesse evento é muito importante porque a gente destaca o cordel e sua importância. Agradecemos a Sobrames e a Somese por terem publicado o cordel de meu pai que fala sobre medicina e arte, onde reúne dois mundo diferentes, mas que convergem”, enfatizou Izabel.

Matéria: Ascom Somese

Foto – Leonardo Vilas Boas

Deixe seu comentário...