Um morre e sete são presos em operação das polícias Civil e Militar no alto sertão sergipano

Ação de combate ao tráfico, homicídio e latrocínio foi realizada pela Polícia Civil.

CANINDÉ DO SÃO FRANCISCO/SE – Já são sete presos em operação conjunta entre Polícias Militar e Civil deflagrada na manhã desta quarta-feira (24), nos bairros Torre e Olaria, no município sergipano de Canindé do São Francisco. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os mandados de prisão são relacionados aos crimes de tráfico de drogas, homicídio e latrocínio praticados no alto sertão sergipano.

Os sete suspeitos presos até o momento foram identificados como Alan Santos Lima, 26 anos, Carlos Eduardo Cavalcante Santos, 18, Raelvis Pereira Filho, Rian Henrique Silva, presos por tentativa de homicídio; José Pedro da Silva, conhecido como “Pitchu”, 25, pelo crime de homicídio; Tarcísio de Brito, 21, por roubo majorado; e Gildomar Silva de Souza, 27, detido em flagrante por tráfico de drogas.

“Eles foram presos pela prática de diversos crimes, dentre eles homicídio, homicídio tentado, roubo majorado e tráfico de drogas. A operação ainda está em andamento e esperamos realizar outras prisões”, afirmou o delegado Fábio Santana, coordenador do trabalho.

Segundo as informações, na última terça-feira (23), em uma blitz feita por policiais civis e militares, houve troca de tiros e um dos investigados, Wellington Vieira Almeida do Nascimento, acabou morrendo. Ele transportava drogas para Poço Redondo e já havia sido preso anteriormente por tentativas de homicídio e feminicídio.

“Isso faz parte de uma série de operações que desencadeamos junto com a nossa co-irmã, a Polícia Civil, no intuito de diminuir a criminalidade no Sertão sergipano”, disse o tenente-coronel Ianderson Coutinho.

Ainda segundo a SSP, a ação também teve o apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) e da Companhia Idependente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac). Ao todo, 50 policiais estão participando da ação.

 

* Com informações da SSP/SE

 

Deixe seu comentário...