UNINASSAU Aracaju sedia seminário sobre construção curricular

O encontro foi promovido pela rede pública municipal de ensino e discutiu a base curricular.

ARACAJU/SE – A UNINASSAU Aracaju recebeu o I Seminário da Construção Participativa do Currículo na última quarta-feira (30), no auditório da Instituição de Ensino Superior (IES). O evento, que abordou o tema: “Travessias no ensinar e aprender”, foi promovido pela rede municipal de ensino de Aracaju junto e contou com a parceria da coordenadora do curso de Letras e Pedagogia da UNINASSAU, Niraildes Machado. O objetivo do encontro foi construir o referencial para a elaboração de projetos pedagógicos e aconteceu nos três turnos, com média de 900 participantes.

“É de grande importância discutir temas de relevância para a sociedade e principalmente quando se refere a educação, a UNINASSAU não hesita em participar. Buscamos interagir com a sociedade apoiando e incentivando eventos dessa natureza”, disse o diretor da IES, Yuri Neiman.

A professora Niraildes, responsável pelo evento na instituição, observou que a homologação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), em dezembro de 2017, impôs a necessidade de que as redes de ensino do Brasil construíssem seus referenciais curriculares.

“A implantação dos currículos em sala de aula somente está assegurada se aqueles que atuam diretamente na execução estiverem também nos espaços. Um currículo escolar possibilita ao estudante o acesso a um conjunto mínimo de saberes e fazeres socialmente e historicamente produzidos e as metodologias que ele vier a sugerir devem garantir ainda o exercício da inventividade, tanto ao professor quanto ao discente”, esclareceu a educadora.

Por: Suzy Guimarães

Deixe seu comentário...