Valdevan Noventa vota pela aprovação da MP que moderniza patrimônio imobiliário da União

Entre as proposituras em análise, a MP 852 – de autoria do Poder Executivo.

BRASÍLIA – O deputado federal Valdevan Noventa (PSC-SE) teve participação efetiva nas votações nominais da última quarta-feira, 13. Entre as proposituras em análise, a MP 852 – de autoria do Poder Executivo – que trata sobre a transferência de imóveis do Fundo do Regime Geral de Previdência Social para a União, sobre a administração, a alienação e a gestão dos imóveis da extinta Rede Ferroviária S.A. (RFFSA).

Segundo o deputado, essa á uma maneira de modernizar a gestão. “Com a falta de imóveis suficientes para atender a demanda do governo federal a saída foi alugar o que gera uma despesa de R$ 1,6 bilhão para a União”, disse Valdevan.

Com a aprovação dessa MP, há a possibilidade de permutas de terrenos de propriedade da União por imóveis já construídos com dispensa de licitação, por meio de chamamento público. A proposta prevê, ainda, rentabilizar esses imóveis por meio de contratação de terceiros, por meio de licitação, ou de bancos oficiais.

Frente Parlamentar

Valdevan Noventa fará parte de inúmeras frentes parlamentares, a exemplo da Frente Parlamentar de Enfrentamento do Câncer e da Frente em defesa do Transporte Aéreo Nacional. “Nosso trabalho estará nas diversas áreas do poder legislativo. A Frente que tratará do câncer trará os números dessa doença devastadora, temos que incentivar e viabilizar o tratamento adequado; já na frente do transporte aéreo, vamos tratar dos voos regionais, principalmente, na região Nordeste”, explicou Noventa.

Encontro com o presidente do Hospital do Câncer

O deputado esteve, ainda, na noite da quarta-feira com o diretor-presidente do Hospital de Amor, antigo Hospital do Câncer de Barretos, Henrique Prata, que mantém no município de Lagarto (SE) ações de prevenção do câncer por meio do Instituto ‘Anna Hora Prata’. “Esse importante serviço de Saúde deve continuar em Lagarto, afinal, realiza o diagnóstico e a prevenção. Tivemos uma conversa muito produtiva com o Henrique Prata e faremos o que for necessário para que essa ação seja continuada”, disse Valdevan.

Assessoria de Imprensa

Deixe seu comentário...