Valmir Monteiro faz exame de corpo e delito no IML e é levado ao Presmil

A investigação é sobre supostos desvios de verbas públicas do Matadouro

O prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro (PSC), e seu genro, Igor Ribeiro Costa Aragão, se apresentaram na sede da Deotap em Aracaju, no final da manhã desta sexta-feira (22) acompanhados de seus advogados.

Após serem ouvidos na sede do Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública da Polícia Civil (Deotap), o prefeito Valmir Monteiro e seu genro, Igor Ribeiro Costa Aragão, foram levados para o Presídio Militar (Presmil).

A investigação é sobre supostos desvios de verbas públicas do Matadouro Municipal de Lagarto e à prática do crime de Lavagem de Dinheiro pelo Prefeito de Lagarto e demais investigados.

Entenda o caso – os promotores do MPE informaram que foram cumpridos mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão nas cidades de Aracaju e Lagarto. Foram alvos de buscas a sede da Prefeitura de Lagarto, as secretarias de Finanças e Administração, o matadouro de Lagarto, a sede de uma empresa e as residências do prefeito, José Valmir Monteiro, do genro dele e de supostos laranjas, além do administrador do matadouro. Dois empresários que teriam envolvimento com o esquema estão foragidos.

Deixe seu comentário...